SOL reúne marcas em apartamento sustentável em SP

Buscar
Publicidade

Marketing

SOL reúne marcas em apartamento sustentável em SP

Iniciativa foi idealizada a partir de parcerias com marcas como Samsung e Nespresso, com conceito assinado pelo arquiteto Vinicius Longato


16 de dezembro de 2021 - 18h21

Conceito deverá ser levado para outras partes do Brasil (Crédito: Reprodução)

A SOL, empresa que atua no fornecimento de energia solar, apresentou nesta semana um conceito de moradia que materializa a viabilização de uma vida sustentável no cotidiano. Localizado no bairro de Pinheiros, em São Paulo, um apartamento foi equipado com eletrodomésticos que consomem menos energia, linhas de móveis sustentáveis e demais instalações que poupam recursos. Para idealizar o projeto, assinado pelo arquiteto Vinicius Longato, a Sol fez parcerias para contar com produtos da Samsung, Nespresso, Euro Colchões, Etna e FOM.

A energia elétrica de todo o complexo vem de um sistema de placas voltaicas da Sol Copérnico, cuja geração e consumo podem ser acompanhados e controlados pelo próprio condômino, por meio de um tablet. Já a Etna ficou responsável pelos móveis do apartamento: a linha é feita de madeira de reflorestamento revestida com tecidos EcoSimple, confeccionados a partir de sobras de outros tecidos e garrafas Pet. Os colchões EcoMind, da Euro Colchões, têm todos os componentes de origem ecológica. Enquanto isso, a Nespresso contribui com seu sistema Vertuo, também feito a partir de menos plásticos. 

Segundo Daniela Robledo, diretora de comunicação da Sol e criadora da iniciativa, a ideia é que as pessoas possam perceber que é possível promover mudanças com pequenos gestos e fazendo tudo aquilo que está ao nosso alcance. “Criamos por exemplo a lista dos top 5 de maior consumo elétrico, para que as pessoas tenham conhecimento e possam fazer um uso consciente. Quando você ligar o ar condicionado por exemplo, que está disponível no apartamento, há uma informação de que ele consome 6,5 vezes mais que o ventilador, também instalado”, exemplifica.

A sala do espaço conta com puffs e almofadas da FOM, também produzidos a partir de tecidos ecológicos, oriundos de aparas de algodão e fibras recicláveis. Os produtos da marca vem sendo, desde novembro, confeccionados utilizando a energia solar. A televisão ficou por conta da Samsung, que contribui com aparelho que consome menos energia e que é acompanhado do controle SolarCell, que tem parte de seu plástico reciclado e dura mais, evitando o descarte precoce. 

No geral, conforme explica a executiva, o objetivo é que o morador possa optar pelo uso que julgar mais importante e vá dosando isso no dia a dia. Inicialmente, influenciadores, artistas e formadores de opinião serão convidados para conhecer o projeto. A ideia é que o conceito se expanda pelas outras regiões do País, sempre se adequando à cultura local. 

Publicidade

Compartilhe

Veja também