Netflix e Globo emplacam indicações no Emmy Internacional

Buscar

Mídia

Publicidade

Netflix e Globo emplacam indicações no Emmy Internacional

Documentário AmarElo, do cantor Emicida, é finalista na premiação; Globo disputa na categoria novela com Amor de Mãe e com produções do Globoplay


23 de setembro de 2021 - 12h21

Documentário AmarElo – É Tudo para Ontem, do cantor Emicida, disputa na categoria Programa de Arte (Crédito: Reprodução/YouTube)

Cinco produções brasileiras estão entre as finalistas da edição de 2021 do Emmy International, premiação internacional que destaca as produções televisivas de todo o mundo (com exceção do mercado dos Estados Unidos).

O documentário AmarElo: É Tudo para Ontem, do cantor Emicida, feito pela Netflix, está concorrendo na categoria programa de artes. A produção disputa o troféu com produções da França, Japão e Reino Unido.

As demais produções brasileiras finalistas são da Globo e do Globoplay. Na categoria Documentário, a emissora disputa com a produção Cercados, que mostra os bastidores dos jornalistas na cobertura da pandemia, no ano passado. A produção foi exibida no serviço de streaming. Outra produção do Globoplay indicada ao Emmy Internacional é Diário de um Confinado, que disputa na categoria História ou Série Curta. A história foi produzida e estrelada por Bruno Mazzeo e Joana Jabace.

A novela Amor de Mãe, escrita por Manuela Dias, foi indicada na categoria Telenovela. A produção estava em exibição a Globo quando a pandemia de Covid-19 teve início e foi retomada posteriormente. A obra concorre na categoria com as novelas “Quer o Destino” (de Portugal), “The Song of Glory” (da China) e “A Quest to Heal”, de Singapura.

A Globo também foi indicada na categoria Minissérie ou Filme para a TV, pela produção Todas as Mulheres do Mundo. A série foi exibida inicialmente na plataforma de streaming Globoplay e, depois, também foi ao ar na TV aberta.

A cerimônia de premiação do Emmy Internacional acontecerá no dia 22 de novembro, em Nova York.

Publicidade

Compartilhe