Pequenas empresas entram no centro da estratégia da Meta

Buscar
Publicidade

Mídia

Pequenas empresas entram no centro da estratégia da Meta

Empresa quer posicionar suas plataformas como aliadas na divulgação de pequenos negócios

Bárbara Sacchitiello
28 de março de 2022 - 6h01

Campanha destacará o Porto do Sol Maragogi, empresa do litoral de Alagoas (Crédito: Reprodução)

Durante um longo tempo da pandemia de Covid-19, com as lojas físicas fechadas por conta das medidas sanitárias, muitos estabelecimentos tiveram no digital seu único ponto de contato com o público. Perfis nas redes sociais e ferramentas de trocas de mensagens passaram a ser importantes não apenas para a divulgação das empresas como se tornaram pilares para a efetivação de muitos negócios.

Esse avanço da digitalização, sobretudo nas pequenas e médias empresas, é algo que a Meta (ex-Facebook) pretende estender para o pós-pandemia. Por isso, a plataforma começa a exibir no Brasil uma ação de comunicação chamada “Boas Ideias Merecem Ser Descobertas”. A campanha já foi lançada em outros países e, agora, foca no mercado brasileiro para posicionar as plataformas da Meta (Facebook, Instagram e WhatsApp) como ferramentas de comunicação úteis para os donos de pequenos e médios negócios.

No mercado brasileiro, a Meta irá destacar, em um primeiro momento, a história de dois empreendimentos: a empresa Porto do Sol Maragogi, que aluga bicicletas aquáticas na cidade do litoral de Alagoas, e o Estúdio V, um espaço de aulas de pole dance, localizado na cidade de São Paulo. Os filmes mostram a atuação dessas empresas e como as plataformas digitais sustentam suas estratégias de comunicação. A campanha foi criada pela Africa.

Meta – Maragogi from Africa on Vimeo.

De acordo com o Relatório Global sobre a Situação das Pequenas Empresas, comissionado pela Meta e realizado pela Ipsos em janeiro deste ano, 81% das pequenas e médias empresas da América Latina relataram terem feito uso de ferramentas digitais nos últimos 30 dias. O estudo mostrou, ainda, que 50% dessas PMEs dizem ter usado as plataformas digitais para se comunicarem com seus clientes; 45% usaram para fazer algum tipo de publicidade e 39% utilizaram o digital para vender produtos ou serviços.

Publicidade

Compartilhe

Veja também