Como o Commerce Media está mudando o papel do varejo

Buscar
Publicidade

Opinião

Como o Commerce Media está mudando o papel do varejo

partir da análise dos dados de compra e da sua intenção, é possível oferecer melhores experiências online para as pessoas


4 de fevereiro de 2022 - 15h00

(Crédito: Shutterstock)

O comércio eletrônico cresceu exponencialmente desde o início da pandemia e, em função disso, vivemos em uma era de transformação digital de marcas e varejistas. Nos últimos dois anos, muitas empresas tiveram que se adaptar às novas demandas dos clientes, que passaram a comprar na Internet em vez de ir até às lojas físicas. Os profissionais de marketing procuraram entender melhor os novos comportamentos de compra dos consumidores e como alcançá-los com produtos e serviços relevantes ao longo de um caminho muito mais complexo.

Embora 2021 tenha sido um ano de menos restrições, mais flexibilizações e de retorno às atividades presenciais, está claro que os e-commerces vieram para ficar, dada a conveniência e a confiabilidade das suas plataformas. Para o varejo, essas mudanças oferecem um grande potencial e, ao mesmo tempo, aumentam a concorrência e a pressão para fazer um marketing bem feito. Como resultado, o commerce media, a nova abordagem de publicidade digital que combina dados de comércio e inteligência para atingir os consumidores e gerar resultados melhores para anunciantes e publishers, está ganhando cada vez mais destaque.

Commerce Media é o futuro do varejo

Para entender melhor os clientes, precisamos acessar e analisar os dados. Isso é muito relevante para o Commerce Media, que analisa minuciosamente a jornada de compra dos consumidores para impulsionar os resultados do comércio.

A fim de alcançar grandes resultados e de se conectar melhor com o público-alvo, o segredo é aproveitar essas informações de comércio em grande escala para conquistar os usuários certos com conteúdo relevante. A partir da análise dos dados de compra e da sua intenção, é possível oferecer melhores experiências online para as pessoas.

Também é fundamental entender os benefícios do Commerce Media para profissionais de marketing, media owners e consumidores, que têm seus próprios objetivos, desafios e necessidades. Entre os pontos positivos está a possibilidade de entregar anúncios relevantes em todos os estágios, desde a descoberta até a consideração e a conversão, ao mesmo tempo em que são gerados resultados comerciais mensuráveis em cada parte.

Outro aspecto relevante é como a Commerce Media pode ativar os dados first-party para que os anunciantes impulsionem os seus resultados. Além disso, é uma grande oportunidade para os varejistas, porque os profissionais de marketing estão focados nisso e em alcançar melhores resultados.

Desde a capacidade de vincular os gastos com publicidade aos resultados do comércio, até o aproveitamento de dados comerciais para entender melhor os interesses e a intenção de compra, o Commerce Media é crucial para os profissionais de marketing que desejam ativar campanhas publicitárias e alcançar consumidores no mercado.

Commerce Media agora é essencial para a liberdade de escolha dos consumidores na Internet aberta

O Commerce Media é vital para os consumidores, que são o coração de todo o ecossistema. Afinal, é o seu apelo por mais privacidade e controle que mudou a conversa do setor e possibilitou um novo caminho para que o Commerce Media brilhasse.

Agora, essa área também beneficia os consumidores mais do que nunca, porque eles devem decidir quem terá acesso aos seus dados e ainda podem escolher a forma como veem anúncios. Os consumidores têm que entender claramente o valor de autorizarem o uso dos seus dados e precisam ser capazes de gerenciar isso a qualquer momento.

Em última análise, o Commerce Media é a favor de uma Internet próspera e aberta, onde os consumidores ainda podem acessar conteúdo digital de alta qualidade, descobrir coisas novas e ter liberdade de escolha. Além disso, esse tipo de informação ajuda a entender quem está comprando nas lojas online e/ou físicas e como o varejo pode melhorar para melhor atender os clientes.

Os dados de Commerce Media, a inteligência artificial e a maneira de apresentar anúncios são um jeito poderoso para os media owners monetizarem os dados do seu público e aumentarem a receita. À medida que os dados first-party ganham destaque, o Commerce Media desempenhará um papel ainda mais crítico no sucesso dos media owners.

Assim, hoje é extremamente necessário focar em um ecossistema equilibrado e próspero, onde o Commerce Media ajude a moldar o futuro do varejo e da publicidade digital como um todo. Por enquanto, podemos esperar que o Commerce Media avance rapidamente a fim de facilitar o trabalho conjunto de profissionais de marketing e media owners, trazendo, por fim, experiências mais ricas aos consumidores.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Opinião: A fadiga de notícias

    Opinião: A fadiga de notícias

    De cada 100 brasileiros, 54 evitam saber das notícias no seu cotidiano

  • Experiência superior no B2B requer estratégia ‘H2H’

    Experiência superior no B2B requer estratégia ‘H2H’

    Talvez tenhamos que mudar a sigla para H2H, porque na verdade tudo acontece entre humanos