Olimpíadas de Paris: Casa Brasil tem patrocínio de cinco marcas

Buscar

Olimpíadas de Paris: Casa Brasil tem patrocínio de cinco marcas

Buscar
Publicidade

Marketing

Olimpíadas de Paris: Casa Brasil tem patrocínio de cinco marcas

Com Corona, XP, Medley, Azul e Havaianas, espaço terá 5 mil metros quadrados e contará com dois ambientes


20 de maio de 2024 - 6h10

A Casa Brasil nas Olimpíadas de Paris conta, no momento, com o patrocínio de cinco marcas, são elas: Corona, XP, Medley, Azul e Havaianas. Além dessas, o espaço tem como parceiros Prefeitura de São Paulo, Embratur e Sebrae. Os jogos começam no dia 24 de julho e vão até 11 de agosto.

Casa Brasil nas Olimpíadas de Paris

Com quatro patrocinadores até o momento, Casa Brasil terá 5 mil metros quadrados (Crédito: Divulgação)

Ao todo, a estrutura ocupará 5 mil metros quadrados no Parc de la Villette, na capital francesa, que passará a se chamar Parque das Nações durante a competição. Além do Brasil, o local abrigará pelo menos outras 19 casas, incluindo a da anfitriã.

“Passou de uma tendência e se tornou um hábito no universo olímpico dos principais comitês construírem suas hospitality houses para atrair os fãs que vão acompanhar o evento esportivo. É algo que transcende um pouco o ambiente esportivo, mas promove a cultura dos respectivos países”, explica Gustavo Herbetta, chief marketing office (CMO) do COB.

Quem está à frente da montagem do espaço é o consórcio MChecon/Agência EA, ganhador da licitação do Comitê Olímpico do Brasil (COB). A casa brasileira terá dois ambientes. Com dois andares, a parte interna, com 2 mil m², terá área para shows, apresentações culturais, ativações, gastronomia brasileira e transmissão dos jogos. Além disso, na parte superior, haverá área VIP para patrocinadores e estúdio para a gravação de programas para o Canal Olímpico do Brasil, no YouTube.

Já a área externa, com 3 mil m², contará com quadra de vôlei de praia e outra poliesportiva, espaço para experiência de skate. De acordo com o CMO, os espaços sediarão clínicas com ex-atletas olímpicos. Também terá um palco, ativações, gastronomia e uma loja onde serão comercializados os uniformes oficiais brasileiros.

Casa Brasil e negócios

Marcelo Checon, CEO da MChecon, explica que o projeto tem pilares evidentes: esporte, turismo, cultura e negócios. Conforme o executivo, a casa tem um objetivo importante de fortalecer relações comerciais entre os patrocinadores, com o caso da Prefeitura de São Paulo, cuja participação ocorre pela pasta de relações internacionais. “Eles (patrocinadores) enxergam que é um ativo valioso para fazer relações com outras personalidades e chefes de estado”, pontua.

Conteúdo nas Olimpíadas

Em parceria com a Play9, o COB terá um squad de apresentadores e influenciadores na cobertura das Olimpíadas. Entre os nomes de peso está o de Galvão Bueno, embaixador da Casa. O narrador vai apresentar o programa “Olha o que ele (a) fez”, uma entrevista com os atletas brasileiros medalhistas na competição.

Casa Brasil nas Olimpíadas de Paris

Espaço interno terá estúdio para gravação de programas originais (Crédito: Divulgação)

Parte da programação, o PodPah, com Igor Cavalari (Igão) e Thiago Marques (Mítico), também será exibido da Casa Brasil. Enquanto isso, outras pessoas, como Fátima Bernardes, Tino Marcos, Matheus Costa e Fabão, também participarão da cobertura do evento.

“Temos uma expectativa e capacidade de receber 5 mil pessoas por dia, o que nos torna, em relação a fluxo e a espaço, a segunda maior casa. Assim, esperamos um público majoritariamente internacional para interagirem com o nosso País, além de fãs brasileiros turistas ou que residem na região”, finaliza Herbetta.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Vivo e Auren criam joint-venture no setor de energia

    Vivo e Auren criam joint-venture no setor de energia

    GUD Energia oferecerá, nessa primeira fase, serviços e consultoria à indústrias, comércios e empresas de serviços

  • Netshoes quer unir esporte e moda

    Netshoes quer unir esporte e moda

    Com estreia de posicionamento, marca busca reforçar presença no segmento de sportstyle, de artigos esportivos que não estão diretamente ligados a alta performance