Time faz acordo com a OpenAI e leva seu jornalismo ao ChatGPT

Buscar

Time faz acordo com a OpenAI e leva seu jornalismo ao ChatGPT

Buscar
Publicidade

Mídia

Time faz acordo com a OpenAI e leva seu jornalismo ao ChatGPT

A partir de parceria, a OpenAI terá acesso ao arquivo de conteúdos do veículo norte-americano para treinar sua solução de inteligência artificial


28 de junho de 2024 - 12h39

A revista Time anunciou na última quinta-feira, 27, um acordo de conteúdo com a OpenAI. A parceria estratégica plurianual visa, segundo o veículo, levar seu jornalismo confiável aos produtos da empresa de Sam Altman, como o ChatGPT.

time openai

Em janeiro deste ano, a OpenAI faz acordo com publishers de até US$ 5 milhões anuais (Crédito: AdobeStock)

O acordo dá à OpenAI acesso a arquivos de conteúdo atuais, bem como dos últimos 101 anos. Assim, a companhia poderá utilizar as informações para treinar seus produtos de inteligência artificial.

Ao fornecer respostas que envolvam conteúdos da Time por meio de suas soluções, a OpenAI compromete-se com o crédito e link que direciona à matéria de origem no portal Time.com.

Na contramão, a Time também deverá se beneficiar do arcabouço tecnológico e expertise da OpenAI para desenvolver novos produtos à sua audiência. A colaboração permite, ainda, a possibilidade de trocas entre companhia e veículo para aprimorar a entrega de jornalismo no ChatGPT.

A Time é mais um veículo que vem firmando parceria com a OpenAI para fomentar o jornalismo seguro e de credibilidade nas plataformas de IA. Em maio, a News Corp. assinou ao lado da companhia um acordo estimado em US$ 250 milhões para fornecer conteúdos dos jornais do grupo ao ChatGPT.

Também neste ano, El País e Le Monde entraram no grupo de parceiros editoriais da OpenAI, permitindo que as informações produzidas sejam disponibilizadas ao chatbot de IA e utilizados para treinar a tecnologia.

IA versus jornalismo

O embate entre veículos e a dona do ChatGPT vem desde 2023. No final do ano passado, o The New York Times entrou com uma ação judicial contra a OpenAI e a Microsoft por violar direitos autorais. O veículo alega que a empresa de tecnologia tenha utilizado seu jornalismo sem autorização para alimentar modelos de linguagem.

Posteriormente, em janeiro, o jornal anunciou a criação de um time inteiramente voltado à IA. A proposta da equipe é explorar como a IA e machine learning podem auxiliar nos processos da redação.

O movimento da IA já é pauta também no jornalismo brasileiro. Na última quinta-feira, 27, o Grupo Globo atualizou seus princípios editoriais para incluir diretrizes a respeito do uso de inteligência artificial no jornalismo.

Entre as diretrizes o Grupo elenca a transparência e supervisão humana, a apuração, produção e distribuição de jornalismo com auxílio de IA e questões envolvendo direitos autorais e governança.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Felipe Neto se torna sócio do ICL

    Felipe Neto se torna sócio do ICL

    Influenciador se junta a Eduardo Moreira e Rafael Donatiello, sócio-fundadores do Instituto Conhecimento Liberta (ICL)

  • Série de podcasts aborda diferentes ambientes da mídia OOH

    Série de podcasts aborda diferentes ambientes da mídia OOH

    Série Out-of-Home Além das Telas entrevista agências e anunciantes para abordar a criativdade nas ruas, transportes e ambientes internos