Garagem Unilever: a troca interpessoal e interdisciplinar como chave para a inovação

Buscar
Publicidade

Opinião

Garagem Unilever: a troca interpessoal e interdisciplinar como chave para a inovação

No espaço Garagem Unilever, pudemos trocar, ouvir e proporcionar experiencias de marca inusitadas para quem pode prestigiar nosso espaço

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


24 de outubro de 2023 - 6h00

Desde os tempos primórdios, a inovação é uma prática fundamental. Sabemos disso. Muitos autores tratam das transformações que influenciaram nosso dia a dia para chegarmos aqui (sendo um dos meus favoritos, Oded Galor). Saindo da perspectiva histórica da inovação, e trazendo para a ótica organizacional, sabemos que a inovação não se limita apenas ao desenvolvimento de novos produtos ou processos. Ela está diretamente conectada a vários pilares estratégicos: à sustentabilidade dos negócios, à cultura, ao propósito e modelo de atuação daquela empresa, à experiência do cliente e à agenda ESG por exemplo.

Neste sentido, a Garagem Unilever, nosso hub de inovação, é, há cinco anos, um catalisador de colaboração, inclusão, criatividade e experimentação – tanto para parceiros externos quanto para colaboradores – abrindo espaço para a promoção de discussões, apresentação de propostas, testes e MVPs. A Garagem Unilever, que é uma das peças fundamentais do nosso negócio, vem promovendo o intraempreendedorismo e a inovação aberta, trabalhando diretamente com startups e todo o ecossistema de inovação para gerar soluções para nossas dores, desafios e possibilidades. E qual o resultado disso até aqui? A potencialização dos resultados para a companhia – seja do ponto de vista da inovação incremental (melhoria de processos, agilidade e produtividade), da própria disrupção (novos serviços e produtos), da perspectiva do ESG – matéria tão fundamental para a Unilever –, ou ainda da perspectiva do desenvolvimento de novas habilidades nos times e fomento à cultura de inovação. Prova disso é o índice de promoção que observamos nos participantes dos programas de intraempreendedorismo nos primeiros três anos da Garagem: 28% das pessoas mudaram de cargo após se juntarem aos projetos da Garagem.

E como acreditamos que o conhecimento não deve ficar restrito e merece ser compartilhado, comemoramos o aniversário de meia década da Garagem no melhor estilo: abrindo as portas do nosso hub para o mundo externo, criando conexões com pessoas e organizações durante o Festival HackTown, um dos maiores eventos de inovação do Brasil, realizado no último mês de agosto, em Santa Rita do Sapucaí – cidade conhecida como parte do Vale da Eletrônica e que vem formando as próximas gerações de profissionais da inovação. Nos quatro dias do evento – em que marcamos presença pela primeira vez –, levamos mais de 20 horas de conteúdo compartilhando aprendizados e experiências obtidas com a Garagem no decorrer desses anos, além de dar voz a muitos dos projetos e respectivos responsáveis que lá estiveram para dividir sua jornada. No espaço Garagem Unilever, pudemos trocar, ouvir e proporcionar experiencias de marca inusitadas para quem pode prestigiar nosso espaço.

Mas, como é impossível inovar e gerar transformação sem contar com parceiros estratégicos, ACE Cortex e Voe Sem Asas também estiveram conosco, dividindo com os participantes do festival suas visões, aprendizados e provendo mentorias a quem se interessasse – “ao vivo”.

Toda a experiência que tive no HackTown – como líder e sponsor da Garagem Unilever, como palestrante e como ouvinte – serviu para confirmar aquilo em que mais acredito – a disrupção só é possível por meio da troca, por meio de uma cultura que fomente a experimentação e não tenha medo de errar. Que enxergue além daquele soluço, e compreenda que as oportunidades moram depois dos aprendizados.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Zenvia: o impacto das redes sociais nas decisões de compra

    Zenvia: o impacto das redes sociais nas decisões de compra

    Pesquisa do Conselho Internacional de Shoppings Centers revela que 85% da geração Z é influenciada principalmente pelo TikTok e Instagram

  • IAS: pesquisa classifica riscos para marcas que investem em publicidade

    IAS: pesquisa classifica riscos para marcas que investem em publicidade

    Violência, conteúdo adulto e downloads ilegais estão entre os três principais riscos