Publicidade

Blog do Pyr

Retail media e CTV juntas

Dupla do barulho. E de resultados

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


18 de janeiro de 2023 - 9h52

(Crédito: divulgação/Bruno Busquet)

O levantamento é da Innovid, uma plataforma de adtech e mensuração de performance de mídia. Anunciantes pressionados por custos crescentes face a altas inflacionárias estão migrando de algumas das mais tradicionais plataformas de mídia das últimas décadas, as tech platforms e a TV linear, para apostar mais em retail media e Connected TV. Notadamente os anunciantes de CPG, ou produtos de consumo de larga escala.

Uma coisa anda junto da outra, na verdade. Os dados de consumo que as operações de retail media são capazes de entregar podem ser cruzados com as oportunidades de mídia interativa que a CTV proporciona, criando aí uma simbiose interconectada que otimiza resultados de curto prazo (vendas na veia) de forma muito imediata.

Os tradicionais comerciais de 30 segundos e outros formatos de vídeo que rodam na CTV são distribuídos nos marketplaces de retail ads e mídia se casa com vendas para viverem felizes para sempre.

Anunciantes tiveram (e têm ainda, em verdade) a possibilidade de casas dados de atingir seus públicos de maneira bem certeira com mobile e social media. Isso continua. Porém, o entrelaçamento de retail media com CTV cresce mais do que quaisquer outros setores porque alia essa mesma assertividade a uma comunicação de consumo também no celular, mas fortemente na sala de TV dos lares dos consumidores.

Através do streaming da CTV, 70% dos lares (esse dado vale para o Brasil também) podem ser atingidos pela mídia que roda nas redes de retail. Sendo que estamos falando de mídia e consumo acompanhados juntos em tempo real.

Retail Data anaboliza CTV e CTV otimiza os resultados de Retail Media. Simples assim. Mas inovador assim.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Zenvia: o impacto das redes sociais nas decisões de compra

    Zenvia: o impacto das redes sociais nas decisões de compra

    Pesquisa do Conselho Internacional de Shoppings Centers revela que 85% da geração Z é influenciada principalmente pelo TikTok e Instagram

  • IAS: pesquisa classifica riscos para marcas que investem em publicidade

    IAS: pesquisa classifica riscos para marcas que investem em publicidade

    Violência, conteúdo adulto e downloads ilegais estão entre os três principais riscos