Brasileiros estão mais atentos às promoções

Buscar
Banner_backgroundsupermercado_carrefour_ganancias-e1469111064413

Marketing

Publicidade

Brasileiros estão mais atentos às promoções

Estudo mostra que promoção foi decisiva para 55% dos consumidores trocarem de marca

Guilherme Fernandes
21 de julho de 2016 - 11h06

consumo_195.jpg

(crédito: reprodução)

O novo estudo da agência de pesquisa de mercado Hello Research mostra que os brasileiros, em meio à instabilidade econômica, estão mais atentos às promoções. Em sua segunda edição, o levantamento investiga as marcas e lojas mais lembradas pelos brasileiros por fazerem promoções, além de trazer dados do comportamento dos consumidores diante das ofertas.

Os dados da edição de 2016 mostram que, em 55% dos casos, a promoção foi decisiva para que o consumidor trocasse a marca que tinha intenção de adquirir por outra que estava em oferta. Para 29%, a promoção levou a comprar um produto que na verdade não era necessário no momento, ou seja, estimulou compras por impulso. Já para 15% dos entrevistados a promoção levou a compra de um produto de um patamar superior de sofisticação ou qualidade do que era imaginado inicialmente.

A primeira edição da pesquisa, realizada em 2014, apontava que 18% dos consumidores se lembravam de alguma promoção no supermercado. Já em 2016, o patamar alcança 32% da amostra, um crescimento de 78%.

“O consumidor está muito mais atento às oportunidades de economizar, nada mais natural em meio à crise”, afirma Davi Bertoncello, CEO da Hello Research.

“Esse dado nos mostra que o consumidor está muito mais atento às oportunidades de economizar, nada mais natural em meio à crise”, declarou Davi Bertoncello, CEO da Hello Research, em comunicado.

O estudo também investigou a lembrança dos consumidores brasileiros sobre marcas que realizam promoções. Entre as mais reconhecidas estão Omo (11%), Sadia (9%) e Coca-Cola (7%). Outras marcas citadas com destaque foram Nestlé (5%), Qualy (5%), Colgate (4%) e Dove (4%). Todas elas haviam sido lembradas em 2014, mas as três primeiras foram as que conseguiram maior crescimento: Omo havia sido citada por 6% dos consumidores em 2014, enquanto Sadia e Coca-Cola por 4% cada.

E qual marca faz as melhores promoções? Na opinião dos entrevistados, a Coca-Cola leva a melhor, ficando em primeiro lugar com 18% da preferência, além de se destacar entre as classes mais altas e os mais jovens. Em seguida, com 15% cada, estão Sadia e Omo. A Nestlé ficou com a preferência de 11% dos entrevistados, enquanto Qualy e Perdigão empataram com 7%. A Seara, a Danone e a Colgate encerram a lista das primeiras colocadas com 6% cada.

Reunindo todas as marcas lembradas pelos consumidores, a pesquisa aponta que o setor de alimentos (29%) e de congelados e resfriados (19%) foram os mais lembrados por aplicarem promoções. Os setores de bebidas não alcóolicas e de produtos de limpeza aparecem na sequência, com 14% de lembrança cada. Depois, higiene, saúde e beleza com 11%, seguido por bebidas alcoólicas, com 5%.

Bens duráveis também foram pesquisados

estudo hello

(crédito: reprodução)

A pesquisa deste ano aponta que 13% da população comprou recentemente algum produto eletroeletrônico ou eletrodoméstico, o mesmo patamar de 2014. No entanto, as categorias compradas foram de menor valor: o brasileiro está desembolsando menos do que em 2014. Dentre esses compradores, 57% aproveitaram produtos em promoção este ano, enquanto em 2014 essa taxa era de 51%. Smartphone (19%), fogão (14%) e refrigerador (10%) foram os itens em promoção mais comprados.

Entre os eletroeletrônicos ou eletrodomésticos comprados em promoção, a Samsung liderou pela segunda vez como a mais comprada. Em 2014, 23% dos consumidores haviam comprado produto Samsung, enquanto agora são 28%. Em seguida, aparece a Electrolux, com 13% de menções em 2016 contra 6% em 2014. A Brastemp aparece na terceira colocação, mas perdeu pontos: foi de 14% na última pesquisa para 12% em 2016. Consul e LG fecham a lista das cinco primeiras marcas, também com quedas. A primeira caiu de 13% para 10% e a última de 16% para 7% das menções.

Entre os pontos de venda, as Casas Bahia seguem liderando como a loja onde os entrevistados mais compraram eletrodomésticos ou eletroeletrônicos, apesar de perderem espaço entre as edições da pesquisa: 36% em 2014 e 27% em 2016. Enquanto isso, cresceram a Magazine Luiza (7% em 2014 e 13% em 2016) e a Ricardo Eletro (6% em 2014 e 11% em 2016). As Lojas Americanas aparecem na sequência com 9%, Carrefour com 6% e Extra com 4%.

A Hello Research entrevistou 1280 pessoas na primeira quinzena de junho de 2016. A pesquisa foi aplicada pessoalmente em consumidores maiores de 16 anos, em diferentes capitais e cidades médias e pequenas de todas as regiões brasileiras. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Veja os resultados gerais da pesquisa  aqui.

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Davi Bertoncello

  • Brastemp

  • carrefour

  • Coca-Cola

  • Colgate

  • Consul

  • Danone

  • Dove

  • Electrolux

  • extra

  • Hello Research

  • LG

  • Lojas Americanas

  • Magazine Luiza

  • Nestlé

  • Omo

  • Perdigão

  • Qualy

  • Ricardo Eletro

  • Sadia

  • Samsung

  • Seara

  • pesquisa

  • promoção

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”