Saint Paul e IBM Watson apostam em educação disruptiva

Buscar

Marketing

Publicidade

Saint Paul e IBM Watson apostam em educação disruptiva

Plataforma, que ensinará conteúdos exclusivos da instituição, soma 20 mil horas de informações, 1,5 mil exercícios e estudos de caso com resoluções passo a passo e sete mil livros

Victória Navarro
4 de dezembro de 2017 - 13h11

Empreendedorismo, estratégia, finanças, gestão, liderança e marketing são áreas de ensino da nova plataforma Lit, lançada pela escola de negócios Saint Paul. Criada para ensinar conteúdos exclusivos da instituição, a novidade transfere conhecimento e didática de professores da Saint Paul, por meio de algoritmo desenvolvido pela própria escola, à tecnologia de inteligência artificial Watson, da IBM. A plataforma, que poderá ser acessada por R$ 99 mensais a partir de março de 2018 via celular, tablet ou desktop, soma 20 mil horas de informações, 1,5 mil exercícios e estudos de caso com resoluções passo a passo e sete mil livros.

 

(Crédito: divulgação)

Segundo José Cláudio Securato, presidente da Saint Paul, o Lit detecta traços de personalidade e auxilia na construção de um método de ensino adaptado ao aluno. “Não faz mais sentido entrarmos em uma sala de aula. Antes, ficávamos online ou off-line nos estudos. Agora, estamos sempre ligados em termos de aprendizagem. Por isso o nome Lit. Queremos fornecer algo que ilumine a vida do aluno”, afirma. Paul, como foi batizado o tutor da plataforma, está sendo treinado há meses por um grupo de 30 professores do Centro de Pesquisa em Inteligência da escola de negócios, liderado pelo diretor acadêmico Adriano Mussa. Além disso, com o intuito de promover aprendizado por uma comunidade colaborativa, os estudantes poderão ter um perfil numa rede social própria do Lit. “Usamos redes sociais todos os dias, então, nada mais assertivo do que estar presente nelas”, explica Securato.

A Santa Clara foi a agência responsável pelo branding do Lit. “O trabalho envolveu investigação profunda das novas técnicas de educação no Brasil e no mundo para que pudéssemos posicionar o produto de maneira inovadora, já que o Lit representa um salto ousado, porém absolutamente necessário no mundo de hoje”, conta Ulisses Zamboni, CEO da agência. No primeiro ano, a expectativa é de que a plataforma atinja 50 mil usuários. Ainda segundo Securato, a Saint Paul já está desenvolvendo conteúdos em outras línguas e, em 2019, o Lit também estará presente na África, Europa e outras regiões da América Latina.

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • José Cláudio Securato

  • IBM

  • Saint Paul

  • Educação

  • IBM

  • Lit

  • Plataforma

  • Saint Paul

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”