Faustão e convidados discutem criatividade

Buscar

Faustão e convidados discutem criatividade

Buscar
Publicidade

Comunicação

Faustão e convidados discutem criatividade

Apresentador se reúne com atores e Agnelo Pacheco em painel da Abap


9 de junho de 2011 - 6h43

“Agora, a TV puxa o saco da classe C e D, mas eu, desde que comecei, sempre falei com todas as classes. Para fazer um programa como o meu, deve-se ter em mente inovação constante e insatisfação permanente. É o tipo de programa que é um supermercado”. A frase não poderia vir de ninguém menos que Fausto Silva, o Faustão, que comandou a mesa redonda final do evento StoryTellers, promovido pela Abap.

Como em seu programa da TV Globo, o apresentador trouxe ao palco convidados para um bate-papo – no caso, sobre criatividade. O ator Thiago Lacerda, por exemplo, falou sobre seu papel na próxima novela das 18h. “Vou fazer um neurologista que lida com crianças, sob um aspecto humanitário. Isso me interessa demais, então tanto faz se meu personagem vai bater no vilão ou ficar com a mocinha no fim. Quero é mergulhar naquela personalidade”.

Mais versada na comédia, Ingrid Guimarães associou a inventividade a uma maneira inteligente e engraçada de ver as coisas. “Humor é uma maneira de ver a vida. Desde pequenininha, eu inventava histórias, procurava torná-las mais interessantes e divertidas. Comecei a ganhar dinheiro em festinha infantil, desde muito nova”, lembrou a atriz.

O músico Carlinhos Brown também recordou do seu passado, em especial de como o utilizou e utiliza para gerar arte. Disse ele: “Nasci num terreiro, ouvia as músicas inspiradas em ritmos vindos da África, tive um mestre do bongô e quis levar tudo aquilo além, para além daquela realidade. Meus pais diziam que batuque não dá camisa a ninguém, mas, para mim, deu muita coisa, e me sinto muito transformado pela criatividade”.

Por fim, Agnelo Pacheco contou como a criatividade o fez ser “atropelado pela publicidade”. “Eu era ator, comecei a adaptar novelas dos 14 para os 15 anos. Até que começaram a me pedir para redigir comerciais, e foi necessária criatividade porque, em vez de programas inteiros, passei a pensar em espaços bastante reduzidos para enviar uma mensagem”. Ele também comentou que está preparando um novo livro, Publicidade Precisa Ter Paixão.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Com Omo, Vinicius Jr amplia time de parcerias publicitárias

    Com Omo, Vinicius Jr amplia time de parcerias publicitárias

    Marca da Unilever escolhe jogador para celebrar duas décadas da campanha Se Sujar Faz Bem; Clear, Nike, Gatorade são outros anunciantes a firmar parceria com o craque nos últimos dias

  • Volkswagen mantém conta de mídia global na PHD

    Volkswagen mantém conta de mídia global na PHD

    A PHD, operação do Omnicom, manteve a conta de mídia do grupo Volkswagen após participar de processo de concorrência