Campanha da Vult inspira projeto de Lei para chapéus de formatura inclusivos

Buscar

Campanha da Vult inspira projeto de Lei para chapéus de formatura inclusivos

Buscar
Publicidade

Comunicação

Campanha da Vult inspira projeto de Lei para chapéus de formatura inclusivos

Movimento “RespeitaMeuCapelo, feito pela GUT, foi usado como inspiração para projeto de Lei que quer assegurar chapéus inclusivos nas universidades de Salvador


3 de maio de 2024 - 8h08

Vult cabelos lei

Ação da Vult, feita junto à Dendezeiro, propôs chapéus com modelos que se adequem a diferentes tipos de cabelos (Crédito: Reprodução)

A ação #RespeitaMeuCapelo, criada pela GUT para a marca de maquiagem e cosméticos Vult, inspirou um projeto de Lei apresentado na Câmara Municipal de Salvador, na Bahia.

A ideia propunha a criação de chapéus de formatura adequados a diversos tipos de cabelos, sobretudo os crespos, volumosos e cacheados.

Na ação da Vult, a grife baiana Dendezeiro propôs a criação de mil capelos que serão usados por formandos das universidades Zumbi dos Palmares, em São Paulo, e da Universidade Federal do Sul da Bahia.

Após a publicação da ação, a vereadora Marta Rodrigues (PT-BA) apresentou na Câmara Municipal o Projeto de Lei (80/2024) que determina que as universidades de Salvador ofereçam chapéus de formatura inclusivos.

“É constrangedor saber que muitos jovens ficam com este acessório na mão, em um momento importante da vida, porque não foram feitos pensando neles”, diz a deputada.

O projeto de lei segue em tramitação e será votado pelos vereadores. Veja, abaixo, a ação da Vult:

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Campanhas da Semana: músicas e ritmos embalam comerciais

    Campanhas da Semana: músicas e ritmos embalam comerciais

    Mari Fernandez e Alceu Valença trazem “Se aprochegue, São João” para campanha de O Boticário e Swile recria clipe de “Oração” da Banda mais Bonita da Cidade

  • Dia do Mídia: a técnica e a criatividade lado a lado

    Dia do Mídia: a técnica e a criatividade lado a lado

    No Dia do Mídia, profissionais analisam contexto atual da área e descrevem demandas de talentos entre a tecnologia e o fator humano