Euphoria Creative completa um ano e abre escritório no México

Buscar

Euphoria Creative completa um ano e abre escritório no México

Buscar
Publicidade

Comunicação

Euphoria Creative completa um ano e abre escritório no México

Agência inaugura operação mexicana para atender a conta de Twitch, que passa a somar ao portfólio composto pelos clientes Raízen Lubrificantes, Motorola e Amazon Music


30 de outubro de 2023 - 6h00

Há pouco mais de um, Caio Del Manto, Marcelo Rizério e Tiago Santos resolveram adentrar o mercado de agências independentes. Os atuais CEO, CCO e COO da Euphoria Creative, respectivamente, ao lado de Andressa Fukunaga, sócia e head de operações, consolidaram o primeiro ano de operações aplicando a filosofia que estabeleceram desde o início, que é a de combater a apatia na comunicação das marcas.

euphoria creative

Da esquerda para a direita: Caio Del Manto, Marcelo Rizério, Andressa Fukunaga e Tiago Santos (Crédito: Arthur Nobre)

Na prática, a Euphoria mapeia essa apatia em cinco áreas: marca, categoria, plataforma, cultura e inovação. O passo inicial dos projetos é o mapeamento do problema e da apatia a ser combatida. “Nenhuma solução é de prateleira. Em geral, o processo segue um raciocínio de, a partir de desafios específicos, entender como isso se traduz em comportamento”, explica Del Manto.

Atualmente, a agência atende a contas como como Raízen Lubrificantes, Motorola, Amazon Music, Dove e, mais recentemente, Twitch.

Até o momento, a operação conta com mais de 45 funcionários de diversos locais do Brasil e acaba de inaugurar uma sede na cidade de São Paulo. Em meio à missão de estabelecer relevância cultural interna, os sócios trabalham na criação de um comitê de diversidade para fomentar a agenda social.

Os cases da Euphoria Creative

Para a Motorola, por exemplo, a missão de combate à apatia de marca se concretizou com uma ação ao lado de Gloria Groove. A campanha divulgou o lançamento dos modelos razr 40 e razr 40 ultra, que são semelhantes ao razr V3 – sucesso da marca nos anos 2000. O resultado foi uma regravação do single “Oops!… I Did it Again”, de Britney Spears, na voz da artista.

Rizério, CCO da agência, explica que um terço dos aparelhos celulares do Brasil são Motorola, mas as pessoas que os compravam não tinham conexão com a marca. Assim, havia a necessidade de trazer relevância cultural: “É justamente com criatividade que trazemos um trabalho com relevância cultural, que gera algum tipo de emoção e reação nas pessoas. A maior que uma pessoa pode ter é justamente a euforia”, diz.

Entre as demais ações da Euphoria ao longo do primeiro ano estão trabalhos de reposicionamento de marca, como aconteceu recentemente para a JCDecaux. Há ainda a gestão de influenciadores e desenvolvimento de design system, por exemplo.

A tecnologia também é uma aliada para chegar a determinados resultados, além de ganhar rapidez. Os sócios detalham que a inteligência artificial (IA) é tida como uma “segunda etapa do processo”: é empregada como ferramenta para pesquisa, manejo de dados e até mesmo auxílio em imagens e vídeos. Ao mesmo tempo, Del Manto endossa que seu bom uso depende das perguntas e provocações certas.

Operação internacional

Após um ano atuando no Brasil, a Euphoria Creative desembarca no México para atender a conta da Twitch, plataforma de streaming da Amazon. A operação começou a ser pensada há seis meses e, hoje, já conta com quatro pessoas. A unidade coordenará os projetos para a marca no México e em toda região da América Latina. Para o longo prazo, a pretensão é inaugurar operações nos Estados Unidos e na Europa.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Com Nadal, Vivo joga luz sobre questões climáticas

    Com Nadal, Vivo joga luz sobre questões climáticas

    Campanha da Galeria para empresa de telecomunicação traz reflexões sobre o futuro de planeta narradas pelo craque do tênis

  • Perfil de memes da vida corporativa, Festa da Firma organiza festival de hambúrger

    Perfil de memes da vida corporativa, Festa da Firma organiza festival de hambúrger

    Interações da página com seguidores no Instagram motivou criação do Happy Burger, pensado para fazer o vale-refeição durar mais