Internet e OOH crescem share no fechamento do Cenp-Meios 2019

Buscar

Comunicação

Publicidade

Internet e OOH crescem share no fechamento do Cenp-Meios 2019

Com aumento de 78 para 226 agências incluídas no levantamento do ano passado, TVs aberta e por assinatura diminuem participações, mas ainda somam 60% do bolo

Alexandre Zaghi Lemos
29 de abril de 2020 - 15h37

Internet e out of home em crescimento na distribuição das verbas publicitárias que passam pelas maiores agências do País. Esta é a principal constatação da análise dos números do consolidados de 2019 do Cenp-Meios, divulgados nesta quarta-feira, dia 29, pelo Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp).

Na comparação dos dados de 2018 e de 2019, houve um importante aumento na base de agências que remetem informações ao levantamento, de 78 para 226 empresas. Entretanto, como as maiores agências de publicidade do País já faziam parte da base de dados, a adesão de 148 médias e pequenas empresa alterou pouco o montante movimentado com compra de mídia. Houve alta de 6%, totalizando R$ 17,5 bilhões.

Esse valor não representa o total do bolo publicitário brasileiro, pois inclui a movimentação financeira destinada à veiculação de publicidade que passa pelas 226 agências certificadas pelo Cenp e participantes do projeto.

De 2017 para 2018, quando o total de agências participantes se manteve estável, subindo de 75 para 78, o total aferido se manteve praticamente estável, com oscilação positiva de 0,57%.

No consolidado de 2019, o share da internet subiu de 17,7% para 21,2%. A mídia out of home, que já era a terceira força do mercado, aumentou sua participação de 8,4% para 10,5%. Apesar de menor share, as TVs abertas e canais por assinatura ainda somam 60% do bolo. A fatia da TV aberta diminuiu de 58,3% para 52,8%, enquanto a da TV por assinatura baixou de 7,4% para 6,9%.

Veja na tabela abaixo a divisão das verbas por meio:

O Cenp-Meios também desmembra o investimento de internet em cinco diferentes categorias: áudio (0,3%), vídeo (9,5%), busca (11,5%), social (23,6%) e display/outros (51,1%). Veja como ficou a distribuição das verbas publicitárias de internet no consolidado de 2019:

Publicidade

Compartilhe