João Luiz Faria Netto é reeleito presidente do Conar

Buscar

Comunicação

Publicidade

João Luiz Faria Netto é reeleito presidente do Conar

Chapa foi aprovada de forma unânime em assembleia realizada por videoconferência

Renato Rogenski
2 de julho de 2020 - 14h50

O novo mandato de João Luiz Faria Netto vai até julho de 2022 (Crédito: divulgação)

O advogado João Luiz Faria Netto foi reeleito para presidir o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) até julho de 2022. Como 1º, 2º e 3º vice-presidentes, ele terá respectivamente Sérgio Pompílio, vice-presidente de relações governamentais e políticas públicas da Johnson & Johnson para América Latina; Luiz Lara, fundador da Lew Lara e chairman da TBWA no Brasil e Antonio Carlos de Moura, consultor do Grupo Folha, onde trabalhou por mais de 30 anos. O mandato vai até julho de 2022.

Em agosto de 2018, João Luiz substitui Gilberto Leifert, que presidiu o Conar por 20 anos. Antes de ser eleito presidente, era diretor de assuntos legais da entidade e atua no conselho desde a sua fundação, em 1980. Advogado especializado em direito à informação, ele trabalhou durante vários anos no Jornal do Brasil, como repórter, chefe de sucursal e editorialista. A seguir, na Rede Globo, foi assessor da superintendência comercial e da presidência e mais tarde responsável pela área jurídica da emissora. Em sua trajetória com entidades associativas, ele também foi diretor executivo da Associação Nacional de Jornais (ANJ) e atualmente é consultor jurídico do Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp), diretor jurídico do Sindicato de Agências de Propaganda do Estado do Rio de Janeiro e advogado da Abap-Rio e da Associação Brasileira de Propaganda.

Vale lembrar que a eleição da chapa foi realizada por videoconferência e teve a manifestação unânime do colegiado, que é formado pelos membros do Conselho Superior do Conar e ligados a sete entidades representativas do mercado. São eles Nelcina Tropardi, Sérgio Pompílio e Vanessa Vilar (ABA); Cyd Alvarez, Luiz Lara e Maria Laura Nicotero (Abap); Caio Luiz Cibella de Carvalho, Eduardo Gama Schaeffer, Fernando Justus Fischer, Hiran Silveira, João Luiz Faria Netto e Paulo Tonet Camargo (Abert); Juliana Toscano Machado, Marcelo de Salles Gomes e Rafael Menin Soriano (Aner); Antonio Carlos de Moura, Marcelo Rech e Paulo Pessoa (ANJ) e Luiz Roberto Valente Filho e Valério Junkes (Central de Outdoor). Também participou do processo Gilberto C. Leifert, membro do Conselho Superior como ex presidente do Conar.

O colegiado também elegeu na ocasião os presidentes das oito Câmaras do Conselho de Ética: Cyd Alvarez (São Paulo), Vanessa Vilar (São Paulo), Rafael Menin Soriano (Rio de Janeiro), Paulo Tonet Camargo (Brasília), Marcelo Antonio Rech (Porto Alegre), Nelcina Tropardi (São Paulo), Luiz Roberto Valente Filho (São Paulo) e Cléo Niceas (Recife). Para a diretoria, por proposta do presidente eleito, foram designados os profissionais Armando Strozenberg e Bruno Bonfanti, além de Juliana Albuquerque como diretora de acompanhamento processual, e Edney G. Narchi como vice-presidente executivo.

**Crédito da imagem no topo: Leontura/iStock

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • João Luiz Faria Netto

  • Antonio Carlos de Moura

  • Gilberto Leifert

  • Sergio Pompilio

  • Luiz Lara

  • ABA

  • Cenp

  • Conar

  • Abap

  • Abert

  • ANJ

  • Aner

  • central de outdoor

  • Publicidade

  • mercado

  • Propaganda

  • eleição

  • presidencia

  • Executivos

  • autoregulamentação

  • chapa