V3A reestrutura operação e inaugura nova sede

Buscar

Comunicação

Publicidade

V3A reestrutura operação e inaugura nova sede

Empresa divide atuação em dois pilares, ganha novas contas e abre escritório em São Paulo

Renato Rogenski
29 de junho de 2021 - 10h38

Nova sede da V3A em São Paulo (Crédito: divulgação)

A agência V3A acaba de concluir sua reestruturação. Entre os movimentos deste processo, a empresa dividiu sua atuação em dois pilares: On Demand, que atende à demanda de comunicação dos clientes, e Ventures, que constrói plataformas proprietárias. O passo a passo dessa consolidação acontece desde 2017, quando a companhia foi rebatizada, após a VZA Expomídia concluir a aquisição da Zerotrês.

No pilar On Demand, entre as novidades recentes estão as conquistas de projetos on demand para Petrobras e Icatu. No pilar Ventures, entre as conquistas mais novas está a aquisição de 50% do Prêmio eSports Brasil, uma das maiores marcas do segmento de games na América Latina. A unidade atua com foco em quatro verticais: games e eSports, cultura, música e, por fim, esportes e wellness.

Para suportar o crescimento e reorganizar a agência, com a nova carteira de cliente e novas frentes de atuação, a V3A também acaba de inaugurar uma sede em São Paulo, com mais de 500 metros quadrados e reformar sua sede no Rio de Janeiro.

Na estrutura de On Demand, liderada pelo coCEO Marcos Jochimek, os sócios Alexandre Moreira e Leo Martinez são respectivamente os diretores de negócios e criação da sede do Rio de Janeiro. Enquanto Leandro Lazarini é o diretor de negócios e Lincoln Chaves segue como o head de criação da sede de São Paulo, Thierry Figueira é o diretor de novos negócios.

Já o comando da divisão Ventures ficam sob responsabilidade do coCEO da empresa, Victor Vocos. Com aproximadamente 100 funcionários em sua estrutura, além de Petrobras, e Icatu, a V3A atende clientes como Oi, L’Oréal, Rede Globo, Marinha do Brasil, ICN, Claro, Nestlé, Grupo Petrópolis, Grupo DPSP, Carrefour, SulAmérica, Qualicorp, BTG Pactual, Mosaico e Prudential.

“A pandemia ensinou muitas coisas em nosso setor, além da ressignificação de valores, um entendimento claro na pulverização dos riscos. Não basta mais diversificar os setores da economia que atendemos. Nós aumentamos a capilaridade das entregas, e estamos olhando cada vez mais para esse multimercado on demand”, aponta Marcos Jochimek.

*Credito da imagem de topo: audioundwerbung/iStock

Publicidade

Compartilhe