Marcas falam sobre visibilidade trans em campanhas

Buscar
Publicidade

Comunicação

Marcas falam sobre visibilidade trans em campanhas

Ações em apoio ao dia da visibilidade trans jogam luz ao assunto da inclusão

Valeria Contado
28 de janeiro de 2022 - 16h54

Artistas apresentam coreografia em campanha (Crédito Divulgação)

No próximo sábado, 29, é celebrado o Dia Nacional da Visibilidade Trans, que tem como objetivo combater a violência, descriminação e transfobia. O Brasil ainda é um país violento para pessoas trans e não binárias, como revela o Relatório Parcial do Observatório de Mortes Violentas de LGBTI+ no Brasil, que mostra que, em 2021m, foram registradas 207 mortes, com 187 assassinatos e 18 suicídios.

Por isso, para trazer visibilidade para o tema e levantar um debate sobre a importância dessa data, o Mercado Livre iniciou a campanha “Passos para Visibilidade”, que se integra à plataforma de diversidade e inclusão da marca. A peça conta com um filme que tem como base um manifesto assinado por Luh Maza, roteirista trans e negra, e que chama atenção para o assunto por meio de passos de dança celebrando a arte e cultura da comunidade trans por meio do voguing. Os passos foram coreografados pela bailarina Zaila Barbosa, mulher trans e integrante dos coletivos auto-organizados de apoio a pessoas LGBTQIA+ House of Zion e Casa de Candaces.

A Gut foi a responsável pela criação da ação, que também conta com um challenge no TikTok, convidando as pessoas a compartilharem os seus passos nas redes sociais. O Mercado Livre também terá a participação dos influenciadores Urias, Pepita, Dante Olivier, Bruno de Almeida, Beta Fala postando os seus vídeos nas redes sociais.

Já o Mercado Pago, plataforma de pagamento pertencente ao Mercado Livre, convida os usuários a realizar doações para as instituições parceiras da empresa, por meio do botão Doar. Os beneficiados são Casa Neon Cunha, de São Bernardo do Campo (SP), Casa Chama, de São Paulo (SP), e Casa Miga, de Manaus (AM), que fazem parte do programa Mercado Livre Solidário, em que a empresa oferece ferramenta de acesso a inclusão digital. Esse projeto também está alinhado ao propósito de promover a diversidade da marca dentro e fora da empresa.

Em outro aspecto, o SCRUFF – aplicativo de relacionamento fundado por pessoas da comunidade LGBTQIA+ para gays, bissexuais, trans e queer se conectarem – se une ao Gay Blog BR para homenagear pessoas que lutam pelos direitos dos cidadãos LGBTQIA+. Por meio de publicações no Instagram, nomes como Ian Habib, artista e autor transgênero, Erica Malunguinho, a primeira mulher transexual eleita como deputada estadual, por São Paulo e a cartunista Laerte estarão presentes nas homenagens.

Publicidade

Compartilhe

Veja também