Sócios da Ginga criam DAO de marketing em blockchain

Buscar
Publicidade

Comunicação

Sócios da Ginga criam DAO de marketing em blockchain

Gira.DAO é um modelo de gestão que propõe transparência e autoridade dos integrantes na tomada de decisões

Caio Fulgêncio
9 de maio de 2022 - 12h28

Gira.Dao foi criada por sócios da Agência Ginga (Crédito: Lana Pinho)

Sócios da agência Ginga anunciaram a criação da Gira.DAO, um modelo de negócios de operação colaborativa e em rede – no sistema blockchain – voltado para as áreas de comunicação e marketing. Em linhas gerais, DAO – ou Organização Descentralizada e Autônoma – é uma forma de operação e governança que propõe transparência, autonomia e autoridade dos integrantes.

“DAO é um conceito novo, que advém da cultura da web 3.0. É um sistema de colaboração muito fluído. Todos que fazem parte do ecossistema têm acesso ao que está acontecendo, podendo se atualizar rapidamente, online, e participar das decisões de forma ativa. Essa forma de gestão e de governança, provavelmente, vai ser o futuro de todas as empresas e, talvez, até de cidades e estados”, explicou Pedro Del Priore, um dos fundadores. Além dele, a Gira foi criada por Paulo Martinez e Marcos Brabo.

No ecossistema da Gira.DAO, quatro empresas operam no formato de redes distribuídas: Ginga, agência de publicidade; Diva, empresa de consultoria em inovação, transformação digital e Costumer Experience (CX); Signa, de consultoria de branding, design e User Experience (UX); e, a novidade, a Trespontozero.IO, de consultoria em educação, criação e execução de projetos na web 3.0.

Incialmente, conforme os sócios, a Gira.DAO será composta por 150 colaboradores, que vão ter diferentes níveis de participação nas decisões do negócio. Para Del Priore, a forma descentralizada de gestão vai colaborar, principalmente, na atração e retenção de novos talentos, além de promover uma visão mais plural sobre os trabalhos.

“O grande valor que vai gerar para os clientes é a pluralidade de pessoas e perfis que vão colaborar dentro dos projetos. Tudo isso somado a uma maior agilidade, já que o sistema vai automatizar alguns processos. O resultado vai ser um trabalho mais rico e conectado à sociedade”, acrescentou.

Marcos Brabo, um dos sócios da Gira.DAO, ressaltou que o novo modelo dá sinais de mudanças importantes ao mercado de comunicação e marketing. “A gente traz para as marcas um impacto cultural na forma de trabalhar, de que podemos cuidar delas de forma mais ampla”, falou.

Consultoria na web 3.0

Com a consultoria da Trespontozero.IO, os sócios querem influenciar os clientes a terem os olhos voltados para a transformação digital e no quanto as mudanças tecnológicas vão, a longo prazo, modificar os modelos de gestão. Segundo Paulo Martinez, as tendências indicam que a web 3.0 será o padrão de conectividade e a proposta da empresa é abrir caminho para esse novo mundo.

“É uma nova transformação digital. Nossa proposta de valor é ajudar as marcas e as pessoas que se relacionam com elas a entenderem e navegarem por esse mundo. Entendemos que o conceito de descentralização dos dados, de economiza ‘tokenizada’, onde qualquer empresa e projeto possam participar, tem muito valor para as marcas”, finalizou Martinez.

Publicidade

Compartilhe

Veja também