WPP investe em e-commerce e compra operação da Corebiz

Buscar
Publicidade

Comunicação

WPP investe em e-commerce e compra operação da Corebiz

Agência brasileira liderada por Renan Mota e Felipe Macedo ficará acoplada à estrutura da VMLY&R Commerce

Bárbara Sacchitiello
18 de julho de 2022 - 6h01

Em pé, da esq. para a dir.: Renan Mota e Felipe Macedo, co-CEOs da Corebiz e Stefano Zunino (sentado), country manager do WPP no Brasil: ampliação do leque das soluções oferecidas pela holding motivou a aquisição (Crédito: Divulgação)

Especializada em negócios omnichannel e consultoria tecnológica para e-commerce, a agência brasileira Corebiz passa a fazer parte da holding WPP. A companhia anuncia nesta segunda-feira, 18, a aquisição da agência, que seguirá atuando como marca independente, acoplada aos negócios da VMLY&R Commerce.

A aproximação entre a operação brasileira e a holding começou há cerca de um ano e meio e veio ao encontro do objetivo da Corebiz de acelerar sua expansão internacional, projeto iniciado há algum tempo. “Como a agência nunca captou dinheiro e traçava os planos de crescimento de forma orgânica, esse trabalho de expansão global começou a ficar mais difícil. Além disso, é mais complicada estabelecer operações em outros mercados sem uma cultura local e a presença de pessoas nesses lugares. Precisávamos, então, de um aporte e foi aí que teve início a negociação com o WPP”, explica Felipe Macedo, co-CEO e um dos fundadores da Corebiz.

Do lado do WPP, a Corebiz despontou como um negócio interessante pela expertise da agência na área de commerce, setor cujos negócios aceleraram muito nos últimos anos, sobretudo por conta da pandemia, e que poderia agregar às ofertas já oferecidas pelas demais redes e empresas da holding. “O Brasil está entre as dez operações mais importantes do WPP no mundo e acreditamos muito no potencial da tecnologia do País. Já estávamos de olho nas áreas de commerce e plataformas de tecnologia e acreditamos que esse casamento com a Corebiz é muito bom porque nos dá mais possibilidades de acelerar a transformação digital de nossos clientes por meio de tecnologias e ferramentas utilizadas pela agência”, declara Stefano Zunino, country manager do WPP no Brasil.

A aquisição da operação atende ao objetivo da holding de agregar soluções aos clientes por meio da cooperação entre as empresas do grupo. Na visão de Zunino, essa sinergia vem crescendo. “A ideia é trabalharmos com o que temos de melhor no grupo e isso já acontece muito. Acreditamos muito na solução colaborativa e na possibilidade de unir nossos talentos e tecnologia para a realização de trabalhos”, comenta Zunino.

Com sede na região de Alphaville, em São Paulo, escritórios nas cidades de Franca (no interior de São Paulo) e no Rio Grande do Sul, a Corebiz conta, atualmente, com cerca de 700 funcionários. Parte dessas pessoas estão voltadas às operações internacionais da agência, que fez um movimento para levar seus serviços a alguns mercados. Em 2019, a Corebiz adquiriu as operações da mexicana Smartnip e da argentina Estúdio 12.

“Iniciamos nossa expansão pela América Latina, onde já estávamos consolidados e, após isso, demos início ao projeto de expansão na Europa via Espanha. Nossos objetivos, agora dentro do WPP, é seguir esse projeto pela Europa, Oriente Médio e África além do mercado dos Estados Unidos, que é um grande foco para a operação”, conta Renan Mota, fundador e co-CEO da Corebiz.

Os co-CEOs permanecem à frente da operação da agência e vem conduzindo o processo inicial de integração dos talentos e entendimento da estrutura do grupo. Ambos irão se reportar às lideranças da VMLY&R Commerce, sediada em Nova York. “Estamos muito contentes por termos acesso a clientes que, antes não teríamos. A Corebiz vem crescendo em uma média de 80% nos últimos cinco anos e, agora, a expectativa não é diferente ao unirmos à network os talentos e competências que temos”, projeta Macedo.

Publicidade

Compartilhe

Veja também