Acirra-se a corrida pela rede 5G

Buscar

Marketing

Publicidade

Acirra-se a corrida pela rede 5G

AT&T se junta a Verizon na disputa para atender o aumento de demanda para vídeo e esportes no mobile


16 de fevereiro de 2016 - 9h08

(*) Do Advertising Age

A AT&T está se juntando à corrida de velocidade mobile com a Verizon Communications, esboçando planos para uma tecnologia wireless mais rápida que atenda à demanda por esportes, filmes e até mesmo acesso aos aparelhos domésticos por meio do smartphone. A AT&T escolheu Ericsson e Intel como seus dois primeiros parceiros de desenvolvimento para a rede de wireless ultra rápida 5G, uma tecnologia que irá partir de onde a 4G, ou quarta geração, ficou.

Enquanto a indústria mobile ainda não estabeleceu os padrões tecnológicos para o 5G e a introdução não é esperada até 2020, as duas maiores operadoras dos Estados Unidos anunciaram rotas para estimular o desenvolvimento. Serviços wireless populares, tal como esportes ao vivo e vídeos streaming do Netflix, estão sobrecarregando a capacidade das redes atuais e levando os investimentos das teles para uma tecnologia mais rápida.

“Eu sei que a Verizon disse que eles serão os primeiros, mas nós estamos bem perto deles”, disse John Donovan, diretor de estratégia e presidente para tecnologia e operações da AT&T em uma entrevista.

A nova tecnologia promete fornecer aos usuários uma velocidade de conexão mais rápida enquanto diminui o custo-por-byte para fornecer o serviço. A Verizon tomou a dianteira do processo ao anunciar em setembro passado que iniciaria os testes de campo em 2016.

AT&T usará um espectro de alta frequência experimental nos seus testes. A companhia baseada em Dallas vai começar a trabalhar na tecnologia em seus laboratórios durante o segundo trimestre. Depois disso, planeja os primeiros testes em conexões ponto a ponto em preparação para entregar conexões de banda larga para casas e negócios, Donovan diz.

“Nós estamos obtendo desempenho nos testes que nos indicam que conseguiremos uma performance da tecnologia wireless 5G nas casas tão boa quanto temos hoje com a fibra ótica”, disse Randall Stephenson, CEO da AT&T, à CNBC.

Como parte de sua aquisição de US$ 48,5 bilhões da DirecTV, a AT&T se comprometeu a estender sua rede de fibra para 12,5 milhões de casas e negócios, assim como oferecer um serviço individual de banda larga para americanos de baixa renda em vez de apenas seus pacotes mais caros.

A alternativa do 5G pode ter um papel na promessa da empresa de expandir o acesso à banda larga para mais pessoas, disse Roger Entner, um analista da Recon Analytics. “Essa pode ser a solução para as áreas rurais terem uma internet realmente rápida”, disse, notando que a operadora tem um excedente de espectro fora das maiores cidades.

Stephenson usou sua aparição na TV e seu anúncio na sexta para pressionar os reguladores para distribuírem os direitos pelas ondas para os serviços de 5G. “O governo tem que estabelecer a política do espectro de uma forma correta para permitir que isso floresça”, pontuou.
 

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”