LVMH vende Donna Karan

Buscar

Marketing

Publicidade

LVMH vende Donna Karan

Valor do negócio, que deve ser concluído entre o fim deste ano e início de 2017, é de US$ 650 milhões


25 de julho de 2016 - 14h49

O grupo de marcas de luxo LVMH divulgou comunicado nesta segunda-feira, 25, anunciando que entrou em acordo definitivo para a venda da Donna Karan International Inc., que detém as marcas Donna Karan e DKNY. O comprador é o G-III Apparel Group.

 

LVMH teria feito várias tentativas para fortalecer a marca (Crédito: JP Yim/Stringer/Getty Images)

No comunicado, o valor divulgado para a transação é de US$ 650 milhões. A expectativa é de que o negócio seja concluído entre o fim deste ano e início de 2017. Após descrever a Donna Karan como uma empresa fashion global “icônica”, Morris Goldfarb, chairman e CEO da G-III afirmou “Donna Karan aumentou em escala e diversificação, ao mesmo tempo em que traz crescimento incremental ao nosso portfolio de algumas das melhores marcas fashion do mundo. Acreditamos estar bem posicionados para criar e sustentar valor adicional a nossos acionistas, parceiros e clientes”.

Já Toni Belloni, diretor do LVMH, destacou a herança, reconhecimento global e “energia renovada” de Donna Karan International e acrescentou que ao serem procurados pelo G-III concluíram ser o momento certo e o grupo certo para selar o negócio. Ele agradeceu a CEO da marca, Caroline Brown, e os diretores criativos Maxwell Osborne e Dao-Yi Chow, e aos times de gestão e design pelas ações estratégicas que criaram uma plataforma de apoio para o “crescimento contínuo de DKNY”.

No mercado, entretanto, correram notícias sobre o fato de que a marca vendida vinha dando prejuízo e que por várias vezes o LVMH teria tentado reanimá-la, sem muito sucesso.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Morris Goldfarb

  • Toni Belloni

  • LVMH

  • G-III Apparel Group

  • Donna Karan