Copa das Marcas: Guaraná Antarctica lidera 1º jogo do Brasil

Buscar

Marketing

Publicidade

Copa das Marcas: Guaraná Antarctica lidera 1º jogo do Brasil

Relatório da Scup Social mostra que a marca da Ambev foi a mais mencionada no Twitter durante a disputa entre Brasil e Suíça

Thaís Monteiro
19 de junho de 2018 - 10h32

 

Campanha da marca teve homenagem ao camisa 9, Gabriel Jesus, e firmamento de fidelidade ao Brasil com interrupção das exportações do produto (Crédito: Reprodução/Guaraná Antarctica)

A estreia da Seleção Brasileira na 21ª Copa do Mundo Fifa, contra a Suíça, no domingo, 17, resultou em um empate e diversas reações do público no Twitter. Não houve empate, no entanto, no número de menções aos perfis das marcas patrocinadoras da Fifa, da CBF e da transmissão nos canais da TV Globo. O Guaraná Antarctica, refrigerante da Ambev e patrocinador da seleção brasileira, esteve presente em 72,1% das conversas sobre os 29 apoiadores, parceiros e patrocinadores das três instituições de acordo com levantamento feito pela plataforma Scup Social a pedido de Meio & Mensagem.

 

https://twitter.com/guarana/status/1008440835212529664

Atrás dele estiveram a operadora Vivo (patrocinadora da Globo), com 13,4% das menções, a Coca-Cola (parceira da Fifa), com 6,5% das interações, Itaú (patrocinador da Globo), com 5% e McDonald’s (patrocinador da Fifa), com 2,9%.  As marcas relacionadas com a CBF estiveram mais presentes na conversa dos usuários (em 79,8% delas) em comparação com aquelas apoiando a Fifa (10,4%) e a Globo (8,8%).

O monitoramento da Scup Social mapeou 3,2 mil tuítes com referência à futebol e à Copa do Mundo e menção a perfis de marcas durante o jogo. Cerca de 90% das publicações tiveram teor neutro e 4,9% foi positiva. Apenas 1% das interações foram avaliadas como negativas. Os termos mais positivos foram: cocacola_br, tudopronto, tocida, itau e brasil. Já os negativos foram: juiz, budweiser_br, fifaworldcup_pt, budweiser e bra.

*Imagem no alto: Clive Rose/GettyImages

Publicidade

Compartilhe