WSL cria casa do surf para etapa brasileira

Buscar

Marketing

Publicidade

WSL cria casa do surf para etapa brasileira

Apresentada pela Oi e com patrocínio de Jeep, Red Bull e Subway, WSL House terá exposições, oficinas e experiências para o público durante Oi Rio Pro

Fernando Murad
19 de junho de 2019 - 15h12

Filipe Toledo comemora título da edição 2018 da etapa (crédito: divulgação)

Com investimentos da ordem de R$ 1 milhão, a World Surf League (WSL) e as agências V3A e 213 Sports abrirão em Saquarema, nesta quinta-feira, 20, a WSL House, espaço destinado ao fã de surf que for acompanhar a Oi Rio Pro, etapa do circuito mundial que acontece até 28 deste mês na cidade fluminense. A WSL House é apresentada pela Oi, tem patrocínio de Jeep, Corona, Subway e Red Bull, copatrocínio de Bravecto e La Roche-Posay, e apoio de Pulse e DeRose.

Segundo Fernando Cachinho, diretor de novos negócios da V3A, ao analisar as ações dos patrocinadores nos últimos anos, a empresa percebeu que tudo aquilo que não era competição, gerava bons assuntos e ótimos resultados. “Começamos a nos questionar se não devíamos ter uma experiencia que permitisse ao fã, presencialmente ou virtualmente, vivenciar o lifestyle do surf de uma forma mais completa, uma experiencia que pudesse transcender o que acontece no campeonato e, principalmente, uma experiência que se transformasse em conteúdo relevante para a comunidade do surf. A casa é a resposta para esses questionamentos”, explica Cachinho.

WSL House estará aberto até o final da etapa (crédito: divulgação)

O espaço terá arte, interatividade e atividades ao ar livre. Uma das atrações é o Museu Oi Rio Pro, exposição com curadoria do Studio Peixe, que contará a história de cinco anos da etapa brasileira no Rio por meio de imagens e material de acervo. Os troféus dos campeões da etapa também estarão em exposição. Além disso, no Oi Rio Pro Studio o público poderá viver a experiência de um atleta participando de uma entrevista.

A Jeep, por sua vez, promoverá aulas ao ar livre em parceria com a DeRose no deque da WSL House. Já a Pulse oferecerá outras atividades como slackline, futemesa e futevôlei. Já o Subway convidará artistas profissionais para ministrarem oficinas de customização de quilhas de pranchas, enquanto a La Roche-Posay apresentará live painting em pranchas. A programação inclui, ainda, palestras, conversas com ex-atletas e personalidades do esporte, espaço de coworking, exibição de filmes e apresentações musicais no WSL House Sunset Stage.

“A WSL é uma marca nova, mas com muita história para contar. A casa permite que nos aproximemos ainda mais do fã de surf, conte essa história, realce valores tão importantes como a busca constante pela sustentabilidade e defenda causas que acreditamos como a equidade de gênero. Mais do que o awareness, acreditamos que iniciativas como essa nos ajudam a trazer outras marcas, que ainda não se tornaram patrocinadoras a conhecer a liga, além de servir de plataforma de conteúdo para marcas que já estão conosco”, diz Cachinho.

Além da festa de abertura, no sábado, 22, a casa receberá a festa de encerramento do campeonato com os vencedores nas categorias feminina e masculina. A organização espera um público de 500 a 700 pessoas por dia. A entrada é paga, porém, apenas 20% da carga de ingressos está disponível para venda.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • fernando cachinho

  • Oi

  • World Surf League

  • Jeep

  • Red Bull

  • Subway

  • La Roche-Posay

  • Corona

  • V3A

  • WSL

  • 213 Sports

  • oi rio pro

  • wsl house

  • bravecto

  • pulse

  • derose

  • studio peixe

  • Marketing esportivo

  • patrocínio

  • negócios do esporte