Após 24 anos no Brasil, Walmart volta a adotar marca Big

Buscar

Marketing

Publicidade

Após 24 anos no Brasil, Walmart volta a adotar marca Big

Grupo aposta na relação emocional de consumidores com as marcas Big e Bompreço, focando em atacarejo e clube de compras


12 de agosto de 2019 - 10h36

Crédito: divulgação

O Walmart Brasil passa a ser Grupo Big. Após um ano da aquisição de 80% da operação pelo fundo de investimentos Advent, o grupo deixará a marca estadunidense para trás e voltará à bandeira Big. Segundo comunicado à imprensa, nos próximos 18 meses a companhia investirá R$ 1,2 bilhão, com foco nos formatos atacarejo e clube de compras, mantendo as bandeiras Maxxi Atacado e Sam’s Club. O Walmart Inc. mantém uma participação de 20% na empresa.

Segundo comunicado, a empresa optou por marcas que resgatam o vínculo emocional com os consumidores. As lojas de hipermercado Walmart nas regiões Sul e Sudeste passarão a se chamar Big, enquanto no Nordeste, todos os hipermercados serão Big Bompreço. Até junho de 2020, a expectativa do grupo é concluir a reforma de cem hipermercados.

O grupo opera, atualmente, cerca de 550 unidades em 18 estados brasileiros, além do Distrito Federal. Ao todo, são sete bandeiras: Big, Big Bompreço, Super Bompreço, Nacional, Maxxi Atacado, Sam’s Club e TodoDia, além de postos de combustíveis e farmácias.

Outra decisão recente do grupo envolveu o encerramento do e-commerce brasileiro do Walmart no primeiro semestre deste ano. A operação já funcionava apenas como um marketplace, sem venda de produtos próprios, desde 2017.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Supermercados

  • walmart

  • Big

  • Advent

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”