Next contrata Paulo Aguiar como head de marketing

Buscar

Marketing

Publicidade

Next contrata Paulo Aguiar como head de marketing

Paulo Aguiar deixa a direção criativa da Publicis para assumir o cargo inédito no banco digital do Bradesco

Roseani Rocha
13 de fevereiro de 2020 - 6h00

Paulo Aguiar, novo head de marketing do Next: objetivo é fazer marketing à altura das metas ambiciosas do banco (Crédito: Divulgação)

Nesta segunda-feira, 10, o diretor de criação Paulo Aguiar, que estava na Publicis havia quase dois anos, assumiu um cargo inédito no Next – banco digital do Bradesco – o de head de marketing. A comunicação da marca Next é  alinhada ao marketing do Bradesco, comandado por Marcio Parizotto. Com o crescimento do Next, a tendência é que a equipe interna dedicada ao marketing do banco digital, com o apoio das agências que o atendem – a R/GA é a agência oficial do Next, enquanto o Bradesco tem a conta dividida entre Publicis e Leo Burnett Tailor Made – ganhe mais autonomia.

É a primeira vez que Paulo muda para o lado anunciante do balcão, mas o relacionamento com o Bradesco não é de hoje, pois mesmo antes de atuar na Publicis agência, o criativo já estava no Grupo Publicis, tendo passado pela AG2 e seus desdobramentos posteriores (Sapient Nitro e Sapient AG2). Assim, a relação com o banco fará dez anos, a maior parte deles cuidando de canais digitais do Bradesco e, ao entrar na Publicis, tomando contato com o marketing do banco como um todo, paralelamente ao trabalho que também fazia para Heineken. Na primeira fase do trabalho já acabou conhecendo muita gente que viria a fazer parte do projeto Next no banco.

Agora, caberá a ele participar da criação de uma estrutura de marketing específica para o Next. “Confesso que fazer a migração de agência para anunciante já era algo que eu tinha em mente, porque não existe limite no que um diretor de criação pode fazer por uma marca. Brilhou meus olhos a oportunidade de expandir minha atuação como comunicador e poder aplicar o conhecimento acumulado em digital”, comenta Paulo Aguiar.

Ele destaca que os anunciantes estão se estruturando cada vez mais para o negócio e estratégia. Ao ser questionado se o Bradesco pode ter se inspirado no caso do Santander, que contratou Igor Puga, então vice-presidente de inovação e integração da DM9DDB, Paulo comenta apenas que os bancos estão atentos a movimentações e analisando mais oportunidades de trazer culturas e skills de fora do mercado financeiro.  “Como criativo, meu desafio fica ainda mais interessante, porque os publicitários quando migram para anunciantes raramente são de criação. Muitos vêm de mídia e planejamento”, conta, animado em brevemente mostrar o que suas habilidades em criação podem fazer, na nova estrutura que está sendo criada para atender objetivos bem ambiciosos do banco.

Esta semana, o presidente do Bradesco, Octávio de Lazari Jr., afirmou que o Next deverá passar a atuar separadamente, inclusive com CNPJ próprio. Hoje o banco digital tem 700 funcionários e em 2019 chegou a 1,8 milhão de clientes. A meta para este ano é chegar a 3,5 milhões de clientes, isso daria à empresa valor de mercado de US$ 4 bilhões, o que, por sua vez, já poderia levar o Bradesco a pensar numa IPO do Next.

O banco digital, que tem 700 funcionários, tem aberto média de sete mil novas contas por dia – 78% dos clientes têm entre 18 e 34 anos e 77% não eram clientes Bradesco.

Lazari também anunciou que o Next, fundado em 2017, alcançou o breakeven (equilíbrio financeiro) este ano e em 2021 já deve dar lucro.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • octávio de lazari jr

  • Paulo Aguiar

  • Bradesco

  • Next

  • marketing

  • estratégia

  • banco digital