Os 10 bairros que mais consomem em São Paulo

Buscar

Marketing

Publicidade

Os 10 bairros que mais consomem em São Paulo

Pesquisa da Geofusion apontou regiões com maior potencial de consumo para orientar varejistas na Black Friday


23 de setembro de 2020 - 6h00

A Black Friday já faz parte do calendário dos brasileiros. Segundo dados da Ebit|Nielsen, em 2019, o varejo online faturou R$ 3,2 bilhões na quinta e sexta-feira de promoções. Neste ano, a pandemia da Covid-19 acrescenta novas variáveis à equação. Para ajudar os varejistas a orientarem seus investimentos e engajarem os consumidores, a Geofusion, empresa de inteligência geográfica, fez um levantamento dos bairros mais consumistas de São Paulo.

A Vila Mariana lidera em todas as categorias analisadas (Crédito: Ranimiro Lotufo Neto/ iStock)

Para desenvolver a pesquisa, a Geofusion gerou scores para os bairros, analisando o potencial e consumo per capita. Também foram feitos recortes entre as categorias de produtos mais consumidos nas últimas edições da Black Friday – calçados, eletrodomésticos e equipamentos, mobiliários e artigos do lar, vestuário e higiene e cuidados pessoais.

O estudou apontou que Vila Mariana, Perdizes, Saúde, Itaim Bibi, Jabaquara, Jardim Paulista, Sacomã, Moema, Santana e Grajaú são os bairros mais consumistas de São Paulo. No topo do ranking, a Vila Mariana se destacou em quase todos os segmentos analisados. O bairro conta com 142 mil pessoas, com renda média de R$ 25.645. Apenas 9% dos moradores têm até 24 anos.

Segundo o estudo, na categoria calçados os bairros que mais consomem são: Vila Mariana (R$ 63,8 milhões), Jabaquara (R$ 58,8 milhões), Sacomã (R$ 57,7 milhões), Perdizes (R$ 55,1 milhões) e Saúde (R$ 54,7 milhões).  Já no segmento de eletrodomésticos e equipamentos, além da Vila Mariana, os maiores consumidores são Jabaquara (R$ 96,1 milhões), Sacomã (R$ 94,5 milhões), Grajaú (R$ 94,5 milhões) e Saúde (R$ 87,2 milhões).

De acordo com a Geofusion, na categoria móveis e artigos do lar, a Vila Mariana tem um potencial de consumo de R$ 121,9 milhões, seguido por Perdizes R$ 105,3 milhões e Jabaquara R$ 98,9 milhões. Os mesmos bairros aparecem nas três primeiras posições quando o assunto é o setor de vestuário.

O segmento de higiene e cuidados pessoais foi o que mais demonstrou potencial de consumo no estudo. Também é nele onde as pessoas investem mais.  No ranking aparecem Vila Mariana (R$ 199,2 milhões), seguida por Jabaquara (R$ 193,1 milhões), Sacomã (R$ 193,08 milhões), Grajaú (R$ 192,2 milhões) e Perdizes (R$ 171,8 milhões).

(Crédito: Divulgação)

*Crédito da foto no topo: JBKdviweXI/ Unsplash 

Publicidade

Compartilhe