Caboré 2020: conheça os indicados a 7 categorias

Buscar

Marketing

Publicidade

Caboré 2020: conheça os indicados a 7 categorias

Nesta terça-feira, 29, são divulgados concorrentes em Dirigente da Indústria, Anunciante, Produção, Veículo de Comunicação - Produtor de Conteúdo e Profissionais de Criação, Planejamento e Inovação

Sergio Damasceno Silva
29 de setembro de 2020 - 16h29

41a. edição do Caboré se atualiza com a realidade atual e divide as indicações em duas listas durante o Maximídia 2020 (Crédito: Denise Tadei)

O Caboré, adaptado às circunstâncias do momento, muda o formato, mas não a importância. Nesta 41a. edição do prêmio, uma grande mudança é a divulgação dos 42 profissionais e empresas indicados nas 14 categorias do prêmio, que se mantêm as mesmas do ano passado. A revelação se dá em dois momentos: nesta terça-feira, 29, e quarta-feira, 30, simultaneamente ao Maximídia 2020, que ocorre desde segunda-feira, 28, e vai até quinta-feira, dia 1o. A votação online aberta aos assinantes de Meio & Mensagem se dará de 26 de outubro a 27 de novembro, e a revelação dos vencedores acontecerá no dia 2 de dezembro, em cerimônia adaptada aos  protocolos de segurança impostos pelo combate à Covid-19.

Confira a primeira parte dos indicados ao Caboré 2020:

Empresário ou Dirigente da Indústria da Comunicação
Fiamma Zarife (Twitter)
Formada e pós-graduada em publicidade e marketing,  ocupou posições executivas em empresas como Petrobras, Banco Boavista, Oi, Claro e Samsung. É diretora-geral do Twitter Brasil desde janeiro de 2017.

– Luiz Fernando Musa (Grupo Ogilvy Brasil)
Formado em publicidade e propaganda, iniciou sua carreira no atendimento e soma mais de 25 anos de trabalho na empresa que dirige: o Grupo Ogilvy Brasil. Também é cofundador da agência David.

– Marcio Toscani (Leo Burnett Tailor Made)
Formado em administração e, antes de ingressar em agências de publicidade, trabalhou na DuPont e na Viacom. Depois, entrou na Publicis e, há mais de nove anos, está na Leo Burnett Tailor Made, onde, desde 2014, é coCEO e COO.

Anunciante
– Ambev
Uma das grandes empresas de bebidas do País, dona da cerveja que na edição 2020 do BrandZ ocupa a vice-liderança, com valor de marca de US$ 6,7 bilhões. Ao se unir, em 2004, com a belga Interbrew, formou uma das maiores companhias de bebidas do mundo.

– Itaú
Um dos quatro maiores bancos privados do País e que, pela primeira vez, ocupa a liderança do ranking BrandZ,  com valor de marca de US 8,2 bilhões. É também a instituição privada que fez a maior doação para auxiliar no combate à pandemia no Brasil, no valor de R$ 1 bilhão.

– PepsiCo
Multinacional de alimentos e bebidas que está no Brasil desde 1953, tem 22 marcas que superam, cada uma, vendas anuais no varejo de US$ 1 bilhão. No País, tem dez fábricas instaadas e mais de 10 mil funcionários.

Profissional de Criação
– Hugo Veiga (AKQA)
Natural de Portugal, começou a carreira na McCann Erickson de Lisboa. Em 2004, começou a trabalhar no mercado brasileiro. Com Diego Machado, criou o premiado case “Retratos da Real Beleza”, na Ogilvy, para a Dove. Em 2013, fundaram a AKQA São Paulo e, desde janeiro deste ano, respondem como CCOs globais da agência.

– Rafael Pitanguy (Y&R)
Foi redator, diretor de criação, vice-presidente de criação em agências de grande reconhecimento no Brasil e em Portugal e recebeu importantes prêmios, incluindo mais de 45 Leões no Festival de Cannes e participou como jurado em várias edições.

– Sophie Schonburg (Africa)
Há quase 30 anos no mercado publicitário,  coleciona mais de 20 Leões em Cannes. Comandou a criação de agências como Mcgarrybowen e Pereira & O’Dell, e trabalhou por 19 anos na AlmapBBDO. É diretora-executiva de criação da Africa.

Profissional de Planejamento
– João Gabriel Fernandes (Almap BBDO)
Passou por JWT, Leo Burnett e Y&R. Há sete anos, está na AlmapBBDO. Também integra o board do Grupo de Planejamento.

– Renata Bokel (WMcCann)
Passou por agências como BETC/Havas, Fischer, Africa e Isobar. Antes de assumir como CSO da WMcCann, no ano passado, trabalhou na IBM como head of consumer engagement.

– Stella Pirani (Wunderman Thompson)
Começou a carreira na BorghiLowe, foi para a J. Walter Thompson em 2008, tornou-se diretora de planejamento em 2015 e head de estratégia em 2017.

Veículo de Comunicação – Produtor de Conteúdo
– CNN
Apesar de estar há pouco mais de seis meses no ar, o canal já enfrentou desafios importantes. Entrou em operação em março, junto ao anúncio da pandemia, e teve que adaptar a cobertura jornalística ao momento, junto a debates e análises que propõem visões plurais das notícias.

– Folha de S.Paulo
O jornal prepara as comemorações de seu centenário, que acontece em 2021, e é um  veículo que conseguiu levar às plataformas digitais a tradição do jornalismo de credibilidade. Jornal líder em circulação na somatória das edições impressa e digital no País.

– Turner
A empresa vivencia, dentro e fora do Brasil, as transformações do setor de TV por assinatura. Agora parte da WarnerMedia, procura estender a atuação de seus diversos canais para os meios digitais e novas janelas de conteúdo.

Profissional de Inovação
– Andre Fatala (Magalu)
Foi diretor do Luiza Labs, área de inovação da companhia e é Chief Technology Officer (CTO) desde janeiro de 2017.

– Ivan de Souza (Coca Cola)
Na Coca-Cola desde outubro de 2017, sua área tem sido fundamental na transformação digital da companhia.

– Stella Brandt (Liv
 Up)
Com passagem de mais de vinte anos pela ABInbev, em 2017 aceitou o desafio de conduzir o marketing da startup de mobilidade 99, de onde partiu como sócia e CMO da Liv-Up, foodtech especializada em comidas saudáveis.

Produção
– Boiler
Chegou ao mercado há quatro anos pelas mãos do criativo e diretor de cena Dulcídio Caldeira. Integra o Grupo Papaki, comandado por Mario Peixoto.

– Kondzilla
Fundada e comandada por Konrad Dantas, a empresa se sedimentou com a produção de clipes, mas acabou produzindo artistas e ampliando sua atuação, com portal de conteúdo e a série Sintonia, veiculada na Netflix.

– O2 Filmes
Produtora que trabalha com publicidade, entretenimento, criação de conteúdo para novas plataformas e podcasts,  também se dedica a conteúdos proprietários, como a recém-lançada série de curtas “Crônicas da Pandemia”.

Publicidade

Compartilhe