Black das Blacks 2020 foca no SuperApp Magalu

Buscar

Marketing

Publicidade

Black das Blacks 2020 foca no SuperApp Magalu

Live commerce contará com a presença de Lu em 3D e terá 40 ofertas exclusivas

Thaís Monteiro
17 de novembro de 2020 - 13h00

Na quinta-feira, 26, o Multishow e Globoplay transmitem a segunda edição do show Black das Blacks, evento live commerce do Magalu criado para a Black Friday. Este ano, a varejista promete anunciar 40 ofertas em tempo real disponíveis para compras no aplicativo Magalu e integrar seus canais de venda, direcionando o cliente para suas propriedades digitais.

 

Além de Lu, nomes da TV, música e digital estarão presentes no projeto (Crédito: Reprodução/Magalu)

O evento de 2020 tem liderança artística de Boninho, comando de Taís Araújo e Luciano Huck e apresentações musicais de Anitta, Dilsinho, Barões da Pisadinha e Zé Neto e Cristiano. No entanto, uma das grandes atrações é Lu, que estará presente em 3D ao lado de Taís e Huck na abertura, encerramento e durante a programação com os comentários das redes sociais ou ensinando a audiência a usar o SuperApp Magalu.

Ainda estarão presentes Glória Groove e Karol Conká dando voz a uma apresentação estilo voguing, um formato de desfile de moda com performances artísticas. Toda a programação durará duas horas. A Black das Blacks também contará com ativações de criadores de conteúdo de nicho, como moda, beleza, esportes, humor e outros segmentos em parceria com a Viu Hub.

A divulgação do projeto inclui ainda presença no YouTybe, chamadas para o evento no intervalo da Globo, no GNT, Universal, Megapix, GloboNews, Canal OFF, Bis, SportTV e Viva. Além do Grupo Globo, está envolvida no desenvolvimento do projeto a Ogilvy Brasil.

A varejista faz uso do formato live desde 2014, quando começou a unir entretenimento com vendas durante a Liquidação Fantástica, mas o modelo de live commerce foi elevado de patamar quando a empresa realizou a primeira edição do Show Black das Blacks em 2019, diz Ana Paula Rodrigues, diretora de marketing do Magalu. Segundo a executiva, o sucesso da primeira edição foi decisiva para dar seguimento ao projeto.

“São muitas entregas que um show desses acaba nos oferecendo. A primeira é o reconhecimento de marca. No ano passado, ficamos no trending topics do Twitter por bastante tempo — no nacional e no mundial. Além disso, a experiência em segunda tela trouxe muita gente para nosso aplicativo. E, claro, temos também o resultado de vendas. Esse ano, acreditamos que teremos tudo isso novamente, mas em outra potência. Para este ano, esperamos uma grande audiência. O Magalu é uma empresa, em 2020, maior do que era em 2019 — o maior indicador são as vendas, que, em nove meses, já estão maiores do que todo o ano passado. Nossas atrações são de peso e acreditamos que vamos marcar a data com o nosso show”, contextualiza.

**Crédito da imagem no topo: Trendobjects/iStock

Publicidade

Compartilhe