Visa amplia apoio global ao futebol feminino

Buscar
Publicidade

Marketing

Visa amplia apoio global ao futebol feminino

Empresa de meios de pagamento é o primeiro anunciante a fechar cota do novo programa exclusivo da Fifa para a modalidade das mulheres

Valeria Contado
21 de dezembro de 2021 - 17h20

Visa se torna a primeira parceira da Copa do Mundo de Futebol Feminino (Crédito: Thais Magalhães / CBF)

Após a Fifa anunciar o desenvolvimento de uma vertical comercial exclusivamente voltada para o futebol feminino, a Visa se torna a primeira marca a apoiar globalmente a plataforma da entidade. O investimento faz parte dos objetivos de promover mais o futebol e se tornar uma catalisadora para a equidade no meio esportivo.

Com o acordo, a empresa de meios de pagamento se torna a primeira Parceira da Fifa para a Copa do Mundo de Futebol Feminino, que acontece em 2023 na Austrália e Nova Zelândia, edição que terá o maior número de seleções da competição, com 32 países.

O pacote inclui, ainda, a parceria com o Futebol Feminino UEFA, a Federação de Futebol dos Estados Unidos e a SheBelieves Cup, torneio disputado anualmente nos Estados Unidos, com quatro seleções, e outros eventos promovidos pela entidade.

Além do patrocínio, a Visa participará de experiências nos pontos de contato com seus clientes, fãs e jogadoras. Para a Copa do Mundo de 2023, a bandeira de cartão será o meio de pagamento exclusivo, implementando sua tecnologia nas arenas do torneio. Dentro de campo, viabilizará o prêmio Player of the Match, que será entregue para a melhor jogadora da partida.

A marca seguirá, ainda, com o seu portfólio de iniciativas que fazem parte do apoio e desenvolvimento de atletas, como o Team Visa, que suporta homens e mulheres, incluindo 22 jogadoras de futebol como Lucy Bronze (Inglaterra), Alexia Putellas (Espanha) e Ellie Carpenter (Austrália), e o Second Half, que ajuda as profissionais enquanto elas decidem seu futuro pós-futebol.

A modalidade de futebol feminino está crescendo no cenário comercial. Em âmbito continental, a Conmebol anunciou nesta segunda-feira, 20, que a Libertadores Feminina terá a sua premiação aumentada para US$ 1,5 milhão (até a edição atual, de 2021, o valor do prêmio para as campeãs era de US$ 85 mil).

Publicidade

Compartilhe

Veja também