Amazon é apontada como maior anunciante do mundo

Buscar
Publicidade

Marketing

Amazon é apontada como maior anunciante do mundo

Segundo relatório, investimentos em publicidade da gigante do varejo totalizaram US$ 16,9 bilhões, o dobro de empresas como P&G, Unilever e Alphabet


7 de fevereiro de 2022 - 13h40

Campanha da Amazon, com a apresentadora Xuxa, no Brasil (Crédito: Reprodução)

A Amazon caminha para se tornar o maior anunciante do mundo. Em seu relatório financeiro apresentado na última semana a companhia totalizou um investimento de US$ 16,9 bilhões em publicidade no ano de 2021. No documento, a gigante do comércio eletrônico detalhou que “os investimentos em publicidade e outras ações promocionais para comercializar nossos produtos e serviços” saltaram US$ 6 bilhões, o que representa um aumento de 55%.

Em 2020, no início da pandemia, a companhia reduziu seus investimentos em marketing pela primeira vez em 17 anos. Cerca de US$ 100 milhões foram reduzidos. No entanto, com a mudança nos hábitos dos consumidores, o que houve foi um aumento nas vendas. As vendas líquidas da Amazon foram de US$ 280,5 bilhões em 2019 para US$ 386 bilhões em 2020 e, por fim, totalizaram US$ 470 bilhões no ano passado.

Segundo análise do site Campaign, o desempenho deixa para trás grandes empresas como P&G, Unilever e Alphabet, que já disputaram o posto de maior anunciante. Atualmente, o investimento dessas empresas em publicidade está na casa dos US$ 8 bilhões.

Avançando em mídia

Pela primeira vez, a empresa incluiu em seu relatório os resultados de sua plataforma de venda de anúncios. Segundo a companhia, “as vendas de serviços de publicidade para vendedores, fornecedores, editores, autores e outros, por meio de programas como anúncios patrocinados, exibição e publicidade em vídeo” totalizaram US$ 31,2 bilhões em 2021.

O montante representa um crescimento de 58%, já que a operação rendeu US$ 19,8 bilhões em 2020. Com isso, a plataforma ocupa o quinto lugar na venda global de anúncios atrás de Alphabet, Meta, Alibaba e Bytedance.

*Crédito da foto no topo: Reprodução 

Publicidade

Compartilhe

Veja também