Coca-Cola avança na capacitação de pequenos empreendedores

Buscar
Publicidade

Marketing

Coca-Cola avança na capacitação de pequenos empreendedores

Em parceria com Sebrae e Abrasel, nova etapa da plataforma “Coca-Cola dá um gás no seu negócio” investirá cerca de R$ 200 milhões para impactar 300 mil negócios

Amanda Schnaider
2 de agosto de 2022 - 17h01

Como parte da comemoração dos seus 80 anos no Brasil, a Coca-Cola inicia uma nova etapa da plataforma “Coca-Cola dá um gás no seu negócio”. Com treinamentos e conteúdos produzidos pelo Sebrae e pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a plataforma tem o objetivo de funcionar como um hub de capacitação profissional e desenvolvimento de negócios de pequenos empreendedores.

 

Plataforma online oferece capacitação para pequenos empreendedores (crédito: Reprodução/Coca-Cola)

Durante a pandemia, a Coca-Cola se uniu aos concorrentes, através do movimento Nós, e criou o programa Crescendo Juntos Microempreendedor, para o pequeno empreendedor individual. “Agora amplificamos, intensificamos e conectamos cada vez mais com o nosso negócio, e temos o potencial de chegar a mais de um milhão de pontos de vendas. É mais do que um compromisso, é um dever, uma responsabilidade de usar o nosso negócio para poder desenvolver a economia”, comenta Pedro Massa, vice-presidente de operações da Coca-Cola Brasil.

Apesar de a companhia trabalhar próximo aos donos de pontos de venda, sempre foi um trabalho mais focado no desenvolvimento do pequeno varejo no setor de bebidas. Porém, a chegada da pandemia fez a empresa ampliar o escopo. “Foi então que percebemos que tínhamos que ir além dos nossos conhecimentos, falar de gestão, de precificação, de cardápio prioritário, para que não tenha desperdício com tantos ingredientes”, conta a diretora sênior de relações corporativas Cone Sul na Coca-Cola América Latina, Silmara Olívio.

Conteúdo

A proposta dessa nova fase da plataforma é levar capacitação aos pequenos empreendedores, por meio de parcerias com outras empresas e instituições como Sebrae e Abrasel. Entre os conteúdos disponíveis na plataforma estão delivery, precificação, básico de finanças, economia circular e digitalização. Com investimento de cerca de R$200 milhões, o objetivo é impactar mais de 300 mil negócios apenas no primeiro ano de funcionamento da plataforma. “Nos aproximamos de parceiros que já tínhamos para juntar esses conhecimentos e é isso que estamos fazendo de forma diferente, levar esse desenvolvimento do pequeno varejo de forma mais ampla e muito além da nossa categoria de produtos e da nossa ocasião de consumo”, completa Silmara.

De acordo com Carlos Eduardo Pinto Santiago, gerente adjunto de competitividade do Sebrae, o Brasil tem mais de 43 milhões de pessoas em idade adulta que estão iniciando um negócio ou que já estão à frente de um negócio, além de 20 milhões de CNPJs ativos, e três milhões de CNPJs no segmento de varejo de alimentos e serviços de alimentação. “A gente vem acompanhando a necessidade de capacitar e treinar alguns assuntos que já eram uma tendência, mas que com a pandemia se tornaram mais latentes”, complementa.

A plataforma da Coca-Cola conta, ainda, com dois projetos voltados a capacitação e empoderamento das mulheres. Junto ao Sebrae e a Coca-Cola Femsa, a companhia promove o “Empreenda como uma mulher”, programa de mentoria voltado para negócios liderados por mulheres. O segundo projeto é o “Meu negócio é o meu país”, que acontecerá em Salvador, na Bahia, em parceria com a Solar Coca-Cola e a marca Kuat, com o objetivo de fomentar o empreendedorismo por meio de uma plataforma voltada às comidas regionais. Ao longo do primeiro ano dessa nova fase da plataforma, o intuito é beneficiar 4.150 mulheres.

Comunicação integrada

De acordo com Daniela Valverde, gerente sênior de comunicação corporativa Cone Sul na Coca-Cola América Latina, o lançamento da nova etapa da plataforma “Coca-Cola dá um gás no seu negócio” se conecta com a campanha de 80 anos da empresa no Brasil, justamente porque a campanha fala sobre os “desejos para o futuro” e a plataforma é uma das iniciativas da companhia para transformar o mundo num lugar melhor. “O nosso objetivo com a campanha é dar conhecimento às pessoas de que nós estamos aqui há 80 anos e contar o que estamos fazendo, hoje, para fazer diferença no futuro, quais são os nossos desejos de futuro. Essa é a conexão entre campanha e ação”, afirma.

 

Carmem Virgínia, Katia Barbosa e João Batista serão os embaixadores do projeto  (crédito: Conceito&Arte/Aivan Moura)

A Coca-Cola convidou três empreendedores brasileiros da área de alimentação para fortalecer a nova fase da plataforma, com o intuito de inspirar os pequenos empreendedores desse setor. Carmem Virgínia, chefe do Altar Cozinha Ancestral e do Yayá, e jurada dos reality shows Cozinheiros em ação, do GNT, e do Famílias Frente a Frente Brasil, do SBT, é a grande embaixadora do programa. Além dela, João Batista, cozinheiro há 38 anos e apresentador do reality show Mestre do Sabor, da Globo, e Katia Barbosa, jurada do mesmo programa e chef do botequim Aconchego Carioca, são apoiadores do projeto.

Daniela explica que os embaixadores são peça-chave para o projeto. “Quando as pessoas escutam as histórias deles, se conectam. Elas entendem que podem chegar, veem como um futuro possível”,  diz, reforçando que, hoje, o influenciador tem esse papel muito importante de mostrar a sua história pessoal e inspirar as pessoas. “A parceria com esses influenciadores traz muito essa conexão que é muito importante para nós”, complementa. Silmara enfatiza a importância dos embaixadores para o próprio desenvolvimento do conteúdo do projeto. “Eles nos ajudaram muito, assim como o Sebrae, a colocar no idioma que a pessoa entende”.

Publicidade

Compartilhe

Veja também