Audiência de podcasts subiu 50%, aponta Spotify

Buscar

Mídia

Publicidade

Audiência de podcasts subiu 50%, aponta Spotify

Além da alta no consumo de podcasts, o número de usuários ativos mensais chegou a 232 milhões globalmente


1 de agosto de 2019 - 15h56

Foto: Denise Tadei

O Spotify divulgou na última quarta-feira, 31, seu relatório de resultados relativo ao segundo trimestre de 2019. A plataforma dobrou sua audiência de podcasts nos últimos três meses, período no qual registrou mais de 30 mil novos podcasts na plataforma globalmente. A plataforma também conquistou 25 milhões de assinantes desde o mesmo período do ano passado, atingindo um volume total de 108 milhões de assinantes. O número de usuários ativos mensais chegou a 232 milhões, considerando usuários da versão gratuita do aplicativo.

De acordo com o CEO Daniel Ek, a expectativa é de que 20% do conteúdo do Spotify seja não-musical em um futuro próximo, meta que faz parte da estratégia para posicionar a plataforma como uma empresa de áudio, e não apenas de música. Não à toa, a plataforma vem investindo na produção de podcasts  através da produtora Gimlet Media e da ferramenta de criação de áudio Anchor, compradas em fevereiro por um valor estimado de quase US$340 milhões.

Ainda de acordo com o relatório, as assinaturas representam a maior fonte de receita do Spotify, com 90% de participação, enquanto a publicidade responde apenas por 10%. Com o objetivo de aumentar a receita publicitária, a companhia também vem investindo em novos formatos de segmentação de anúncios: recentemente, lançou no Brasil uma opção de segmentação para ouvintes de podcasts. 

 

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • spotify

  • Deezer

  • podcasts

  • Daniel Ek

  • Gimlet Media

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”