WhatsApp alerta usuários sobre os golpes na plataforma

Buscar

Mídia

Publicidade

WhatsApp alerta usuários sobre os golpes na plataforma

Por meio de peças criadas pela AlmapBBDO, plataforma pretende orientar brasileiros para evitarem cair em fraudes realizadas no app

Bárbara Sacchitiello
9 de março de 2021 - 6h00


Na tentativa de auxiliar os usuários a evitarem os golpes e fraudes que acabam acontecendo dentro da plataforma, o WhatsApp inicia nesta semana uma série de ações de comunicação para ajudar as pessoas a identificarem golpes e protegerem suas contas e privacidade na rede social.

Criada pela AlmapBBDO, a campanha terá o objetivo de fazer alertas de forma bem didática. “Sabemos que os golpes na plataforma estão cada vez mais sofisticados então, reunimos as principais dicas para que as pessoas evitem cair em situações assim. Muitas dessas ideias são iniciativas simples, mas que muitas vezes as pessoas não lembram de tomar quando se deparam com uma situação de golpe”, explica Renata Costa, gerente de consumer marketing do Facebook no Brasil.

Uma dessas dicas, segundo a executiva, diz respeito a situação em que uma conta é invadida e outra pessoa se passa por um usuário, geralmente pedindo dinheiro ou depósitos para os amigos da lista. “Nessas situações, a primeira coisa é ser feita é ligar para aquela pessoa, seja ela um familiar ou amigo, e perguntar se realmente foi ela que mandou a mensagem com o pedido”, aconselha Renata.

Outros tipos de dicas abordadas na ação ajudam, por exemplo, a evitar o uso da mesma foto do perfil para a criação de contas falsas e também destacam a importância da adoção da verificação do perfil em duas etapas.

Na visão da executiva do Facebook, os conselhos didáticos visam auxiliar diretamente os usuários da plataforma no Brasil, que costumam ter maior preocupação com a privacidade de suas conversas do que com eventuais golpes. “Vemos, por meio de pesquisas feitas em todo o mundo, que o brasileiro, de forma geral, até por ter uma relação bem próxima com o WhatsApp e usar muito a plataforma, a questão da privacidade está mais relacionada à preocupação de que alguém leia suas conversas privadas do que o compartilhamento de dados. Mas, claro, há muitas pessoas que compreendem os riscos das questões de proteção de dados e queremos mostrar a todos como é possível se proteger”, comenta.

A campanha terá início com a veiculação das dicas no Facebook e no Instagram e, posteriormente, também será exibida em outras redes sociais, como Twitter e Youtube, na mídia out-of-home e em jornais. Na TV, a plataforma promoverá duas ações de merchandising nos programas Mais Você, de Ana Maria Braga, e Encontro, com Fátima Bernardes, ambos da Globo.

Publicidade

Compartilhe