NATV Play: a estratégia do VOD brasileiro nos EUA

Buscar

Mídia

Publicidade

NATV Play: a estratégia do VOD brasileiro nos EUA

Gratuito, plataforma busca suprir demanda de brasileiros vivendo no exterior

Thaís Monteiro
6 de abril de 2021 - 8h25

Em novembro de 2020, o filmmaker Elton Davel lançou o NATV Play, serviço de streaming gratuito com conteúdo produzido por brasileiros para brasileiros morando nos Estados Unidos. Apesar de baseado nos EUA, o intuito da plataforma é alcançar todos os brasileiros vivendo fora do Brasil, com a meta de chegar a 100 mil usuários até o final de 2021.

 

(Crédito: Divulgação/NATV Play)

A ideia de criar a plataforma foi decorrente da grande demanda por conteúdo digital alavancada pela pandemia e a vontade de concentrar produções que, com frequência, ficam dispersos nas redes sociais.

Atualmente, o AVOD (ad-based video on demand) conta com conteúdos produzidos por nomes como Hugo Bonemer, Rivia Leal, Andrea Caroba e o próprio fundador, que apresenta o Bate e Volta, programa em que leva pessoas para conhecer locais atrativos dos Estados Unidos. Segundo a empresa, são conteúdos com linguagem fácil e produção rápida. Mais para frente, o NATV Play deve receber séries, filmes e documentários com produção mais elaborada. Cerca de 95% do catálogo é composto por conteúdo original e exclusivo, mas o streaming está aberto a trabalhar com demais produtores ao redor do globo.

A princípio, a iniciativa visava conectar profissionais do entretenimento e proporcionar que esses produzissem conteúdos diferenciados. Hoje, a ambição é maior: conquistar 100 mil usuários até o final deste ano e expandir sua presença para fora dos Estados Unidos.

“De acordo com o Itamaraty, atualmente são 3 milhões de brasileiros vivendo no exterior, estudando ou trabalhando. Sabemos que esses números podem ser muito maiores. A vida do imigrante tem aspectos muito peculiares, a NATV Play é feita por imigrantes e exatamente por isso nós sabemos como criar uma comunicação mais próxima e mais humanizada. Esse é o maior diferencial da plataforma”, conta Davel. Para o executivo, o lançamento do aplicativo da plataforma deve auxiliar no crescimento exponencial do VOD.

Para isso, a empresa conta com um time de criativos e produtores para criar uma comunicação e metodologia próprias para absorver todas as experiências de brasileiros no exterior e gerar tal conexão. Como estratégia de marketing, o NATV Play aposta em crescimento orgânico, parcerias estratégicas e campanhas veiculadas em suas redes sociais. Todo esse trabalho é feito internamente.

“Nossa estratégia é focar no nosso diferencial. Eu acho que existem sim outras plataformas muito interessantes no mercado, mas conteúdo nunca é demais. Queremos apostar na produção de conteúdo original, fortalecer nossa marca e trazer alguns nomes de peso para somar ao que estamos fazendo”, declara.

Para oferecer o conteúdo gratuitamente, o NATV Play conta com peças publicitárias antes de cada programa e os anunciantes podem patrocinar conteúdos, produções exclusivas ou então investir na empresa. Atualmente, o streaming tem parceria apenas com marcas de empresas estadunidenses. Ainda assim, a empresa planeja o lançamento de modelos de assinatura para consumidores que querem evitar a publicidade. “Mas como a ideia é sempre democratizar, vamos sempre manter o plano gratuito e oferecer a oportunidade de impulsionar negócios. Com isso podemos atender todas as necessidades e nos manter firmes ao nosso propósito”, diz o executivo.

**Crédito da imagem no topo: Trendobjects/iStock

Publicidade

Compartilhe