Automação de marketing: isso é para mim?

Buscar

Opinião

Publicidade

Automação de marketing: isso é para mim?

Se já não o fez, você está atrás de seus concorrentes, que estão se relacionando melhor ainda com clientes


16 de janeiro de 2019 - 18h13

Como consultor na área de propaganda e marketing, recebo com frequência os seguintes questionamentos: “Como faço para vender mais? Como eu atraio um número maior de clientes que comprem mais e que comprem sempre?”.

 

(Crédito: Lukas Blazek/Unsplash)

Sempre digo que um dos pontos fundamentais é o relacionamento com os clientes. Sim, isso faz diferença, e muito! Hoje, estão cada vez mais exigentes e querem ser tratados com exclusividade. Não podemos mais tratar as segmentações como antes, quando mandávamos uma mensagem massificada e acertávamos uma “mosca com uma bala de canhão”. Temos de ser verdadeiros “atiradores de elite”, respondendo ao cliente certo, no momento certo, com a comunicação certa.

Agora, com a tecnologia e o processamento de dados, esse objetivo torna-se cada vez mais possível. Temos atualmente boas ferramentas de CRM (Customer Relationship Management) e de automação de marketing. Entretanto, há ainda muitas dúvidas dentro das empresas sobre o real significado e sua utilização como estratégia para o crescimento de um negócio. Mas, afinal, o que são essas duas ferramentas?

O termo CRM significa todo processo de gestão de relacionamento que as empresas mantêm com os seus clientes. Já a automação de marketing consiste no uso de tecnologia para automatizar ações e processos de marketing, reduzir trabalhos manuais e aumentar a eficiência das ações. Esse trabalho é feito por meio de softwares e é empregado em áreas com tarefas repetitivas, mas necessárias, contribuindo para diminuir as margens de erros e aumentar o contato com possíveis compradores, clientes ou potenciais prospects.

Com a coleta de dados de e-mails, visitas a websites, uso de aplicativos, mídias sociais, é possível entender o hábito de navegação do cliente. Esse processo exige a permissão dele. Dessa forma, determina-se a segmentação, público-alvo, cria-se mensagem personalizada para clientes no e-mail, celular, rede social, além de experiências na web. O processo pode ser custoso, porém, traz bons resultados. Algumas ferramentas contam com versões gratuitas reduzidas que, de início, são as mais adequadas para evitar gastos.

Mas o conhecimento sobre o perfil de navegação e compra de um cliente é uma necessidade das grandes empresas? Errado. Pequenas e médias empresas também devem pensar em automatizar os processos de marketing, os quais podem contribuir, inclusive, para reduzir a necessidade de mão de obra interna e aumentar o faturamento.

Então, automação de marketing é para mim? A reposta é sim! Se já não o fez, você está atrás de seus concorrentes, que estão se relacionando melhor ainda com clientes. Contudo, minha dica é revisitar suas estratégias de automação sempre que puder, pois o que é válido hoje pela manhã, talvez não valha mais ao final do dia.

Publicidade

Compartilhe