Aviva investe R$ 1,2 bilhão em destinos na Bahia e Goiás

Buscar

Aviva investe R$ 1,2 bilhão em destinos na Bahia e Goiás

Buscar
Publicidade

Marketing

Aviva investe R$ 1,2 bilhão em destinos na Bahia e Goiás

A plataforma de entretenimento turístico controladora dos destino de Costa do Sauípe, Rio Quentes Resorts e Hot Park ampliará espaços com novo empreendimento em construção


8 de julho de 2024 - 7h55

Aviva começa a construção da segunda unidade de Hot Park na Costa do Sauipe ainda nesse ano (Crédito: Reprodução)

Aviva começa a construção da segunda unidade de Hot Park na Costa do Sauipe ainda nesse ano (Crédito: Reprodução)

Atualizada às 17h00

A Aviva, empresa controladora detentora de três destinos na Costa do Sauípe, na Bahia, e em Rio Quente, em Goiás, vai investir R$ 1,2 bilhão em expansão até 2028. Para o novo empreendimento no litoral baiano, R$ 350 milhões serão investidos para criação do Hot Park Baía das Tartarugas. Também na Costa do Sauípe, outros R$ 420 milhões serão dedicados à renovação da hotelaria para construção da central de produção e distribuição de alimentos.

Segundo a gerente de marketing da Aviva, Raquel Scheeren, o primeiro movimento de marca para contar sobre essa renovação será focado nos estados do Nordeste, pois, segundo ela, essa é uma região que já representa significativamente o público que frequenta o resort. Em um segundo momento, as estratégias de comunicação da Costa do Sauípe vão focar na nacionalização, com campanhas influenciadas pelos sabores e experiências da Bahia.

Ao mesmo tempo, o destino Hot Park, em Goiás, recebe o aporte de R$ 70 milhões para a tematização do espaço. Kids, Aventura e Praia do Cerrado serão as três narrativas que estarão divididas em áreas temáticas no parque.

No Rio Quente Resorts, a Aviva investirá R$ 360 milhões para elevação da qualidade hoteleira. Além de renovação do Hotel Pousada, inaugurado há 60 anos, com homenagens à poetisa Cora Coralina, haverá a expansão do Parque das Fontes com mais 18 fontes de água termais.

Reposicionamento de destinos

Em compasso com os investimento, a empresa realiza o reposicionamento do Hot Park como uma opção de destino apartada do Rio Quente Resorts. “Estamos reafirmando atributos que eram destacados pelos nossos clientes”, explica. De fato, com foco na natureza, a Ogilvy fez parte da criação da  campanha.

Além disso, no último ano, a Aviva faturou R$ 1,2 bilhão em 2023. A operação goiana, que reúne o Rio Quente Resorts e o Hot Park faturou R$ 855 milhões. Enquanto isso, na Costa do Sauípe, o faturamento foi de  R$ 358 milhões.

Aviva migra para hotelaria de alto padrão

Após a conclusão das obras até o fim de 2024, o hotel Premium Sol, na Costa do Sauípe, entra na categoria do Grand Premium. Portanto, a partir de 2025, a edificação se junta ao Grand Premium Brisa e a Aviva passa a ter dois hotéis na categoria de mais elevada. Segundo Raquel, existe um movimento da Aviva em ir para o modelo upper midscale, também, conhecido como hotelaria de alto padrão. “Quando estamos falando do Grand Premium Sol e do Grand Premium Brisa, estou falando com esse público de mais alto padrão”, explica.

De fato, as reformas da Ala Mar e Terra serão entregues em 2025 e 2027. Ambas fazem parte do Sauípe Resorts, exemplo de hospedagem midscale, ou, de custo médio. “Quando falamos das diferenças dos produtos em termos de experiência e entretenimento, não tem divergência, isso permeia todas nossas categorias de hospedagem”, diz. Apesar disso, as modalidades de hospedagem e entretenimento permitem certas ações, como usufruir de uma ou outra piscina diferenciada.

Aviva Vacation Club

A Aviva possui, ainda, o clube de férias Aviva Vacation Club, marca que engloba produtos de fidelização, incluindo o timeshare. “O timeshare não é nosso único modelo de assinatura, existe uma base em cada parque no qual o cliente pode evoluir. Na hora que o cliente entra em qualquer um dos nossos produtos, estamos olhando-o com o potencial de fidelizar”, explica. Com mais de 33 mil famílias como membros, o segmento representou 48% do faturamento de 2023.

Além disso, no segundo semestre de 2025, será entregue a primeira fase do InCasa Residence Club. No modelo de condomínio horizontal, os prédios serão apartados do restante do clube e com espaços e serviços privados, como chefs de cozinha disponíveis. No sentido de exclusividade de acesso é um condomínio, menciona Raquel, mas os clientes ainda vão ter todo acesso às experiências do parque.  De fato, com direito de uso de 25 anos, esse modelo de alto padrão de hospedagem já superou em 65% o total de quartos vendidos. Porém, vendido nos valores de R$600 mil reais, a segunda fase vai totalizar em 40 casas serão entregues em 2027.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Dove aposta em especialista em IA para incentivar beleza sem padrões

    Dove aposta em especialista em IA para incentivar beleza sem padrões

    Como embaixadora de Dove pela Real Beleza, Heloisy Pereira Rodrigues, formada em IA, trabalhará junto a marca em iniciativas da IA a favor da beleza sem padrões

  • Nivea usa gamificação para falar de cuidados com a pele

    Nivea usa gamificação para falar de cuidados com a pele

    Iniciativa acontecerá presencialmente em São Paulo, Campinas e Curitiba para democratizar conhecimento sobre a pele