Como os games podem ajudar as marcas a aumentar as vendas?

Buscar

Como os games podem ajudar as marcas a aumentar as vendas?

Buscar
Publicidade

Marketing

Como os games podem ajudar as marcas a aumentar as vendas?

Shopee e C&A são algumas das marcas que apostaram na criação de games para aumentar o tempo de permanência dos usuários e vender


4 de dezembro de 2023 - 6h01

Os games passaram a ser usados como estratégias de marcas

Além de incentivar a permanência dos usuários no app, os games engajam a comunidade com as marcas em troca de benefícios (Crédito: Masyastadnikova-Adobe Stock)

A atmosfera dos games não invadiu à moda e os marketplaces apenas pelas estampas e licenciamentos. Pelo contrário, cada vez mais os superapps de marcas têm investido na gamificação como estratégia para capturar a atenção dos usuários por mais tempo.

Desde 2019, a aposta da C&A nessa estratégia de ofertas de atividades gamificadas em suas plataformas digitais e os resultados já aparecem. Em 2023, por exemplo, a frequência de compras na rede aumentou em 164% se comparada ao mesmo período no ano passado. Ao mesmo tempo, o gasto médio atingiu patamares 135% maiores em comparação com usuários que não participam do game.

Disponível no aplicativo da C&A para clientes do programa de fidelidade da marca, os jogos propõem aos 26 milhões de cadastrados missões interativas. Quanto mais missões concluídas, maior é a quantidade de “&mojis” acumulados, que contribuem para que o cliente suba de nível no programa. Além de conquistar benefícios, como desconto e filas mais rápidas.

Games como moedas de troca?

No cerne desse processo de gameficação está a monetização do tempo e engajamento do usuário por meio de benefícios. Ao menos, é o que head de marketing da Shopee no Brasil, Felipe Pringer, acredita. As moedas Shopee geram diferentes formas de desconto durante a compra, funcionando como um sistema de cashback. “As moedas Shopee é onde a gamificação se conecta com o e-commerce”, diz, acrescentando que os jogadores sabem como economizar no marketplace, e, por isso, o engajamento nos games.

Como parte da estratégia global, a Shopee desenvolveu uma dezena de jogos que acompanhassem as tendências. Contudo, no momento, apenas cinco estão disponíveis: Shopee Recompensas Diárias, Shopee Pega Brinde, Shopee Candy, Shopee Letras e Shopee Bolhas. São quase dois milhões de jogadores globalmente.

Estratégias da Shopee com games

Durante a Páscoa deste ano, a Shopee fez uma parceria com uma das marcas de chocolates com maior marketshare no Brasil. Foram criados dois jogos personalizados: um de recompensas diárias com foco em awarness, e outra versão do jogo Candy, com produtos da própria marca. Enquanto o primeiro game gerou quase um milhão de cliques em um dia, o Candy teve mais de 250 mil jogadores, com média de 25 minutos no app.

Outra parceria foi com a Casa & Construção, na qual foi feita a campanha de maratona de jogos do catálogo. Do montante de players de Shopee Candy, cerca de 40% converterem em compras durante o período. “Essa parte de gamificação é super importante na Shopee, porque temos essa visão que a experiências de compras online não precisa ser unidimensional, podemos dar uma experiência mais descontraída e divertida no aplicativo”, explica.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Hot Wheels ganha evento no Parque do Ibirapuera, em São Paulo

    Hot Wheels ganha evento no Parque do Ibirapuera, em São Paulo

    Exposição será realizada no Parque Ibirapuera e conta com atividades, interações e pista de Kart

  • Kwai patrocina o futebol masculino do Flamengo

    Kwai patrocina o futebol masculino do Flamengo

    Acordo é válido até o fim deste ano e contará com conteúdo especial e entregas no uniforme, entrevista e outros ativos