Itaú Unibanco muda marca para celebrar 100 anos

Buscar

Itaú Unibanco muda marca para celebrar 100 anos

Buscar
Publicidade

Marketing

Itaú Unibanco muda marca para celebrar 100 anos

Com o conceito Feito de Futuro e evolução da sua marca, banco quer inspirar as pessoas sobre a importância do tempo, legado e longevidade


6 de dezembro de 2023 - 19h19

Atualizada em 7/12, às 11h50
Colaborou Bárbara Sacchitiello

Para celebrar seu aniversário de 100 anos, o Itaú Unibanco aposta em uma nova expressão de marca e um novo conceito institucional. Desenvolvido em parceria com as agências Africa Creative e Galeria, o novo posicionamento “Feito de Futuro” convida as pessoas a refletir sobre o tempo, legado e longevidade.

Itaú muda marca

Nova identidade quer reforçar não apenas a marca institucional, mas todos os segmentos e perfis do banco (Crédito: Reprodução)

“Temos promovido uma intensa agenda de transformação no nosso negócio e na forma de entregar mais valor. Chegou o momento da nossa marca refletir tudo isso”, ressalta Eduardo Tracanella, diretor de Marketing do banco.

História centenária e nova marca

A história do banco começa em 1924, quando João Moreira Salles conquistou a patente de banco para a Casa Moreira Salles no estado de Minas Gerais. Já em 1943, em São Paulo, Alfredo Egydio de Souza Aranha funda o Banco Central de Crédito, que se tornaria Itaú. Em 2008, essas duas instituições se uniram e deram origem ao atual Itaú Unibanco, o maior banco e a marca mais valiosa do Brasil e da América Latina.

O novo projeto de design recorreu à história: do tupi-guarani, Itaú significa pedra preta. Com isso, a nova identidade da marca renova não só a marca institucional, mas a expressão de todos os segmentos e perfis do banco.

No novo visual, o laranja ganha mais protagonismo, já os tons de azul ganham vida para identificar os segmentos Uniclass e Personnalité, enquanto Itaú BBA e Private se apropriam ainda mais dos tons escuros. O símbolo, que representa a pedra, foi lapidado e se apresenta em uma forma mais orgânica e fluida. Veja:

Ao todo, para desenvolver a nova identidade, foram 22 meses de trabalho, cerca de 100 estudos tipográficos, mais de 70 estudos de cores e outros de logotipia, que reavaliaram forma, cor, fontes, grafismos e expressões.

O time interno de branding da instituição foi responsável pelo trabalho, em parceria com especialistas, como a americana Pentagram, escolhida para consultoria estratégica, sob a liderança do design Michael Bierut, e Fabio Haag, com seu olhar refinado para a tipografia.

Clayton Caetano, superintendente de Design da companhia, revela que o desafio de criar a nova identidade foi respeitar um legado tão sólido, mas sem perder a capacidade de ousar. “Nossa essência foi construída ao longo de décadas e com o brilhantismo de grandes nomes, como Aloízio Magalhães, nos anos 60; Francesc Petit, que introduziu a pedra ao logo do Itaú e o laranja na identidade, nos anos 70; e Alexandre Wollner, que destacou o laranja em nossas agências, nos anos 80, e sistematizou a marca com consistência e escala. Eles permaneceram como inspirações para que o novo projeto tornasse a marca mais humanizada, orgânica e contemporânea”, conta Caetano.

Madonna na campanha

Foto postada no X (antigo Twitter) mostra a imagem da cantora Madonna em uma peça com o slogan do banco (Crédito: Reprodução/X)

Na mesma noite dessa quarta-feira, 6, após a veiculação do comercial que exibia a nova marca do Itaú, começou a circular nas redes sociais uma imagem que mostra a cantora Madonna em uma cena que seria do novo comercial da marca. A foto teria sido tirada em um evento interno, realizado pelo banco para apresentar a nova marca aos funcionários.

A confirmação de Madonna como um dos rostos da campanha de 100 anos do Itaú foi feita somente no dia seguinte, quinta-feira, 7, em evento realizado para a imprensa. A cantora estará no filme de celebração dos 100 anos ao lado de personalidades como Fernanda Montenegro, Ronaldo Nazario, Marte e Jorge Ben Jor.

O banco, contudo, disse que a participação de Madonna na campanha não tem a ver com um possível show da artista no Rock in Rio. Fãs começaram a especular a possibilidade nas redes sociais pelo fato de o banco ser o patrocinador principal do Rock in Rio.

Publicidade

Compartilhe

Veja também