YouTube e Play9 preparam conteúdo digital para Olimpíada

Buscar

YouTube e Play9 preparam conteúdo digital para Olimpíada

Buscar
Publicidade

Mídia

YouTube e Play9 preparam conteúdo digital para Olimpíada

Com ativações in loco e foco em criação de conteúdo para o digital, plataforma terá squad de influenciadores e programação ao vivo em diversos canais


15 de maio de 2024 - 16h35

Gustavo Serra, Play9, e Tales Almeida, YouTube, falam sobre a cobertura olímpica no digital (Crédito: Valeria Contado)

Gustavo Serra, da Play9, e Tales Almeida, do YouTube, falam sobre a cobertura olímpica no digital (Crédito: Valeria Contado)

O YouTube se uniu à Play9 e ao Comitê Olímpico do Brasil (COB) para a execução do projeto Brasil é Brasa, que levará um squad de influenciadores para Paris para realizar a cobertura dos Jogos Olímpicos. A iniciativa o objetivo de pulverizar o acesso aos esportes Olímpicos e potencializar o poder comercial do evento.

Para isso, as empresas decidiram reunir profissionais que unissem cobertura esportiva, informação e entretenimento, resultando em um conteúdo de “infotenimento”. Segundo Gustavo Serra, sócio e CCO da Play9, para esse projeto, a marca trabalhou aspectos humanos e inteligência de dados durante o processo de escolha.

“Brincamos que esse é o nosso Avengers. Nossa visão é construir uma matriz com diferentes perfis e plataformas distintas”, diz. O projeto começou com os apresentadores do Podpah, Igão e Mítico, e contará com nomes como Matheus Costa, Atleta de Peso, Passa a Bola, Rafaella Tuma, Tino Marcos, Fátima Bernardes, entre outros.

Tanto para o YouTube quanto para a Play9, essa é uma oportunidade de levar o conteúdo esportivo com uma visão que vai além do nicho e da informação. “Eles são as suas próprias emissoras para que as pessoas possam ver os jogos contados por pessoas que tem o olhar diferente”, afirma Serra.

Desse modo, os criadores que serão levados à Paris pela Play9 terão acesso a Casa Time Brasil, bases de treinamentos e entrevistas.

Para divulgar esse conteúdo, o YouTube contará com um anúncio especial na home da plataforma que direcionará o público para o programa especial do PodPah, que será diário e contará com participações especiais de Fátima Bernardes. Todas as pessoas que entrarem no YouTube serão impactadas com a sugestão para assistir ao programa. O restante do conteúdo também será divulgado pela própria plataforma.

O jogo das marcas

Para as marcas, YouTube e Play9 destinarão cotas especiais para o projeto olímpico. A empresa de influenciadores está negociando espaços para ativar durante a produção de conteúdo e junto aos influenciadores.

Já o YouTube oferecerá quatro cotas de mídia, das quais três já estão ocupadas, mas ainda não foram divulgadas. Segundo Tales Almeida, gerente de soluções comerciais para esportes do YouTube, a ideia é ter um projeto robusto e as entregas devem começar junto com a cobertura, no dia 26 de julho.

Conteúdo pulverizado

O YouTube aproveitou a realização de um evento, na sede do Google, em São Paulo, nesta quarta-feira, 15, para apresentar um estudo sobre o consumo esportivo no ambiente digital. Victor Machado, head de esportes do YouTube no Brasil, falou sobre como esse hábito dos espectadores se expandiu, principalmente após a chegada na plataforma de eventos como campeonatos de futebol, Copa do Mundo, NBA e Jogos Panamericanos.

Dados coletados pela própria empresa revelaram que 80% dos brasileiros acreditam que o YouTube possibilita novas formas de consumir esporte — e que há uma facilidade de consumir conteúdo.

“O esporte costumava ocupar o domingo inteiro. Era um consumo passivo, vindo da TV, um momento da família. Isso mudou, seja no formato ou sobre quem está criando, não é mais passivo. É um consumo fragmentado e profundo”, disse Victor.

A pesquisa também aponta que muitas pessoas associam o consumo de esporte na internet ao sentimento de pertencimento — e 89% entendem que qualquer um pode produzir conteúdo sobre seus esportes favoritos na plataforma.

“Trazemos informações, temos jornalistas, ex-jogadores e um grupo de pessoas pensado para trazer algo menos formal, porém mais conectado com a audiência. Contamos com o esporte e outros interesses focados em entretenimento”, diz.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Uplify estrutura operação no Brasil

    Uplify estrutura operação no Brasil

    Martech Uplify usa inteligência artificial e machine learning para conectar marcas à influenciadores de livestreaming

  • Ana Maria Braga e Receitas oferecem soluções publicitárias juntos

    Ana Maria Braga e Receitas oferecem soluções publicitárias juntos

    Ofertas conjuntas entre Ana Maria Braga e Receitas visa aproximar o público e a atenção dos consumidores