Dani Junco: “a maior demanda era como eu vou continuar gerando renda depois de ser mãe?”

Buscar
Publicidade

Women to Watch

Dani Junco: “a maior demanda era como eu vou continuar gerando renda depois de ser mãe?”

Fundadora e CEO da B2Mamy conta em novo episódio do videocast Falas como a maternidade transformou sua vida e carreira


26 de julho de 2023 - 15h48

Dani Junco, fundadora e CEO da B2Mamy (Crédito: divulgação)

Está no ar o quinto episódio da segunda temporada do podcast Falas apresentado por Regina Augusto, curadora de conteúdo do Women to Watch. Nesta edição ela conversa com Dani Junco, fundadora e CEO da B2Mamy, uma aceleradora de negócios, dedicada a conectar mães ao ecossistema de inovação e tecnologia. Desde 2016, a B2Mamy já capacitou mais de 30 mil mulheres brasileiras a empreender ou a se recolocarem no mercado. 

Neste episódio, Dani conta que após tornar-se mãe se questionou muito sobre como sua carreira seguiria a partir do nascimento do seu filho, Lucas. Ela conta: “Ele fez uma pergunta, ainda na minha barriga, que era: “mãe, por que você trabalha?”. Eu senti essa pergunta… na verdade o que ele queria perguntar pra mim era: “o que é tão incrível e relevante na sua vida que você vai me deixar pra ir trabalhar?”. 

 Através dessa reflexão, Dani conta como passou a enxergar mais propósito no trabalho e os desafios que enfrentou para fundar a B2Mamy. 

 Falas Women to Watch tem como objetivo dar visibilidade e fomentar debates sobre o espaço feminino no mercado de trabalho. Serão ao todo 15 episódios exibidos semanalmente às quartas-feiras e disponíveis em todas as plataformas de áudio e vídeo. 

Assista à entrevista. 

 

 

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Women to Watch: conheça as homenageadas de 2024

    Women to Watch: conheça as homenageadas de 2024

    Iniciativa destaca a trajetória e o potencial de impacto das carreiras de seis profissionais da indústria da comunicação

  • Isabel Nascimento: o poder das narrativas femininas no audiovisual

    Isabel Nascimento: o poder das narrativas femininas no audiovisual

    A diretora e co-criadora da Hysteria, núcleo da Conspiração Filmes, fala sobre o cuidado de contar histórias de mulheres e a força da colaboração por trás das câmeras