Com Santoro e Gordilho acionistas, Africa muda marca para Africa Creative

Buscar

Com Santoro e Gordilho acionistas, Africa muda marca para Africa Creative

Buscar
Publicidade

Comunicação

Com Santoro e Gordilho acionistas, Africa muda marca para Africa Creative

Copresidentes passam a ter participação acionária mais robusta, abrem espaço para outros executivos serem sócios e planejam investir em novos negócios

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


13 de abril de 2023 - 6h00

Marcio Santoro e Sergio Gordilho abrirão espaços para executivos terem participação acionária na agência (Crédito: Divulgação)

Agência líder em reputação criativa no Brasil, a Africa vai mudar sua marca para Africa Creative, para marcar a entrada em uma nova fase. Seus dois copresidentes, Marcio Santoro e Sergio Gordilho, concluíram as negociações e assinaram um novo contrato com o grupo Omnicom. Embora a multinacional continue majoritária, a dupla de publicitários brasileiros assume participação significativa – os percentuais não foram revelados – e, segundo eles, o controle das decisões sobre os rumos da empresa. “Ser dono é mais do que ter atitude de dono. Queremos que seja como uma lancha, que anda rápido, e não como um transatlântico, que se move devagar”, compara Gordilho.

As tratativas começaram há mais de um ano e foram reveladas por uma reportagem de Meio & Mensagem, publicada em julho do ano passado.

Uma das mudanças que Santoro e Gordilho pretendem implementar a partir de agora é a abertura de espaço na divisão acionária para alguns executivos da empresa. Algumas alterações na gestão da agência serão implementadas nas próximas semanas, como o apontamento de heads de inclusão, efetividade, impacto e gente. Nessa linha, recentemente chegou à agência a head de cultura, Renata Decoussau (ex-diretora de estratégia do Creative Shop da Meta para a América Latina).

“A gente podia ter saído e montado um negócio novo, isso chegou a ser discutido. Mas, resolvemos montar uma nova Africa, quando as conversas com o Omnicom seguiram a linha de que não é o que você quer para não sair, mas sim o que você sonha para ficar”, diz Gordilho. “Nós também ganhamos mais liberdade para montar outros negócios na indústria criativa, como investidores. Assim, vamos continuar empreendendo”, acrescenta Santoro.

Em outubro do ano passado, eles já lançaram a Asia, para acomodar a conta da montadora chinesa GWM, na qual a dupla soma participação acionária igual à do Omnicom, em operação que tem os executivos Sérgio Brandão e Vico Benevides como sócios.

A Africa é a terceira maior agência do País em compra de mídia, segundo ranking do Cenp-Meios, o que faz dela a principal operação do Omnicom no Brasil. Entre seus clientes, estão Ambev, Itaú, Vivo, Natura, BRF, Azul Linhas Aéreas, Vibra Energia, Vale, Kraft Heinz e Marisa.

Sergio Gordilho e Marcio Santoro são fundadores da Africa, que inauguraram em 2002, na época sob liderança de Nizan Guanaes e tendo o Omnicom como sócio minoritário. Em 2015, a participação da holding norte-americana era de cerca de 15%, quando foi concretizada a compra pelo Omnicom de toda a operação brasileira do Grupo ABC, negócio que incluiu a Africa. Desde então, o grupo internacional tem o controle acionário da empresa.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Conar abre processo para julgar vídeo de Burger King com Kid Bengala

    Conar abre processo para julgar vídeo de Burger King com Kid Bengala

    Conselho de ética da entidade irá avaliar o teor do vídeo e a responsabilidade do anunciante na campanha

  • Itaú estreia filme criado e dirigido por Madonna

    Itaú estreia filme criado e dirigido por Madonna

    Comercial irá ao ar nesta quarta-feira, 21, no intervalo do Jornal Nacional, na TV Globo; esta é a primeira vez que um filme do banco é criado e dirigido por um artista