We conquista as contas de Fleury e Rossi

Buscar

Comunicação

Publicidade

We conquista as contas de Fleury e Rossi

Após 11 novas contas em 2015, We começa 2016 vencendo duas concorrências

Isabella Lessa
2 de fevereiro de 2016 - 8h45

A We começou o ano de 2016 com a vitória de duas concorrências: Rossi Imobiliária e Fleury Medicina e Saúde, contas que antes eram atendidas pelas agências Leo Burnett Tailor Made (off-line) e AD Dialetto (online), e Talent Marcel (off-line) e Isobar (online), respectivamente.

Para a agência, comandada pelos sócios sócios Piero Motta, Guy Costa, Zé Boralli e Fábio Rosinholi, 2015 foi um ano de consolidação no middle market. Nos últimos 12 meses, a casa incrementou sua cartela de clientes com 11 conquistas de contas: passou a atender Kingston, Aramis (ambas ex-Naked), Universal Orlando Resort (que, até então, não tinha agência no Brasil), Max Haus (ex-Paim) e BRMalls (parte da conta, incluindo o institucional). Além disso, lançou Seguro Autofácil, do PNB Paribas Cardif, Guia Bolso, PedidosJá, PetLove, Moving (digital do setor imobiliário) e YOP (plataforma mobile de compra e venda de artigos novos e usados), sendo a primeira agência dessas marcas.

Para Fabio Rosinholi, sócio-fundador e vice-presidente de mídia, a agência consolidou seu perfil de abertura de novos negócios. “OLX e Netshoes eram empresas estreantes quando começamos a atendê-las. Somos responsáveis por dois grandes cases desses clientes, o que nos trouxe uma segurança consistente dentro do mercado”, afirma.

A We está entre as maiores independentes do País que não atendem contas públicas. Segundo Zé Boralli, vice-presidente de atendimento e negócios, após a perda de seu maior cliente, a OLX, que seguiu para a Ogilvy em janeiro do ano passado, a agência se apegou na boa percepção do mercado quanto à sua entrega concomitante de online e off-line. “Focamos ainda mais no crescimento dos nossos clientes, e também acabamos vencendo concorrências. Conseguimos entregar eficiência em um ano de crise”, pontua.

Projetos como os realizados para os ex-clientes OLX e Netshoes situaram a We como referência no atendimento ao mercado pontocom. “De fato, termos um conhecimento muito grande deste segmento e também junto aos investidores de startups. Mas, passamos por uma reestruturação — mais de pensamento —, que levou a um ganho de musculatura para a agência”, frisa o vice-presidente de criação, Guy Costa.

A íntegra desta matéria está publicada na edição 1695 de Meio & Mensagem, de 1º de fevereiro, disponível exclusivamente para assinantes nas versões impressa e também para tablets iOS e Android.  

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”