Cresce a relevância de podcasts na estratégia da Globo

Buscar

Comunicação

Publicidade

Cresce a relevância de podcasts na estratégia da Globo

Programas com âncoras do jornalismo e conteúdos segmentados buscam mais público e novas receitas

Renato Rogenski
26 de agosto de 2019 - 12h17

(Crédito: Thomas Le/ Unsplash)

Nesta segunda-feira, 26, o jornalismo da Globo passa a contar com um pacote de nove podcasts, que se somam a outros cinco já disponíveis no G1 e em plataformas de áudio como Spotify e iTunes. O carro-chefe das novas produções é o programa “O Assunto”, que será publicado de segunda à sexta. Com notícias do dia e tempo médio de 25 minutos, o podcast terá apresentação da jornalista Renata Lo Prete. O projeto ainda tem o “Bem-Estar”, com Michelle Loreto, “GloboNews internacional”, com Marcelo Lins e Guga Chacra, e “Como Será”, com Sandra Annenberg.

Desde 2018, a Globo lançou uma série de podcasts por meio dos verticais de jornalismo, esporte e entretenimento. Apesar de ter o G1 como hub, os conteúdos também podem ser consumidos em canais terceiros, como Apple Podcasts, Google Podcasts e, mais recentemente, o Spotify. Segundo a empresa de comunicação, em julho, os podcasts da casa superaram a marca de 500 mil ouvintes. Os novos programas fazem parte da estratégia de experimentar diferentes formatos, desde replicar programas exibidos na televisão, como o Conversa com o Bial, passando por produções exclusivas para o digital, como é o caso do podcast do Zorra e outros programas de futebol da plataforma Globo Esporte.

Além de amplificar o conteúdo e as oportunidades para alcançar ainda mais públicos, o investimento no formato cria novos canais de comunicação para que os anunciantes possam se aproximar da audiência. Na entrevista jogo rápido abaixo, Márcia Menezes, diretora do G1, fala sobre as novidades para o formato e a relevância do podcast na estratégia multiplataforma da Globo.

Meio & Mensagem – Qual a importância da iniciativa para fortalecer o processo de transformação digital da comunicação na Globo?
Márcia Menezes – Nos últimos anos, o podcast se popularizou por alguns fatores, incluindo a digitalização do rádio, o lançamento de sistemas que facilitaram seu consumo e a ascensão dos assistentes de voz. Soma-se a isso o surgimento de podcasts blockbusters no mercado americano, que mostraram aos produtores de conteúdo a existência de um mercado consumidor enorme e engajado com o formato. O consumidor brasileiro já está acostumado a ler, a assistir aos nossos conteúdos e agora acreditamos ser possível reforçar ainda mais este relacionamento criando ofertas em áudio, que poderão ser acessadas em diferentes momentos de sua jornada. Durante o trânsito, na cozinha, na academia, o podcast é o formato perfeito para quem deseja se informar ou se entreter.

De que maneira o formato é capaz de dinamizar ainda mais o jornalismo da Globo?
No jornalismo da Globo, já acompanhamos o consumidor em todos os seus momentos, em todas as plataformas, 24 horas por dia.  Os podcasts vêm para aumentar esta conexão com os brasileiros, além de completar o portfólio de produtos digitais. Já estamos nesse processo de transformação digital há muitos anos. O G1, por exemplo, foi lançado em 2006 e todos os conteúdos do jornalismo estão no portal, no Globoplay e no Globosatplay, no caso da GloboNews. Estamos sempre atentos aos lançamentos e tendências de mercado, buscando inovações, novos formatos e novos conteúdos. Enxergamos uma excelente oportunidade para informar melhor o público.

Qual é a expectativa sobre o alcance e o feedback dos novos formatos de conteúdo?
Esperamos alcançar todos aqueles que buscam informação, que estão na internet e que estão ávidos por novas formas de obter conhecimento. Também queremos cativar o público já interessado em produtos de áudio, que vem crescendo muito no Brasil e no Mundo. Para conquistar uma audiência tão ampla e diversa, planejamos uma série de podcasts, reunindo talentos do G1, da GloboNews e da Globo.

Quais são os principais podcasts entre as novidades e qual é a linha editorial de cada um?
Em “O Assunto”, podcast diário, a jornalista Renata Lo Prete vai conversar com outros jornalistas e convidados sobre temas relevantes do dia a dia. É a união da nossa expertise jornalística com a inovação que o digital permite. Temos também outros produtos segmentados. O quarteto Natuza Nery, Maju Coutinho, Andrea Sadi e Julia Duailibi estará no “Papo de Política”. Também teremos o ‘Hub’ e o ‘GloboNews Internacional’, o podcast do ‘Fantástico’, do ‘Bem estar’, do ‘Como Será?’ e um programa local – o “Descomplica, Rio”, que poderá ser estendido a outras cidades. Pensamos em aumentar o portfólio de podcasts a partir do feedback que tivermos desses primeiros lançamentos.

Imagem de topo: Adi Goldstein/ Unsplash

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Márcia Menezes

  • Renata Lo Prete

  • Michelle Loreto

  • marcelo lins

  • guga chacra

  • sandra anenberg.

  • Globo

  • g1

  • Fantástico

  • globonews

  • bem estar

  • midia

  • áudio

  • podcasts

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”