Puma quer milésimo gol de Pelé no videogame

Buscar

Comunicação

Publicidade

Puma quer milésimo gol de Pelé no videogame

Ação, que acontece no aniversário de 50 anos do gol de número mil, estimula gamers a jogarem com o avatar do rei do futebol


19 de novembro de 2019 - 15h13

Avatar do Pelé (crédito: divulgação)

Em 19 de novembro de 1969, Pelé marcou, de pênalti, seu milésimo gol. O tento, realizado no Maracanã, no Rio de Janeiro, foi feito no Vasco, em partida que resultou na vitória do Santos por 2 a 1. Após 50 anos, a empresa alemã de equipamentos desportivos Puma, ao lado da agência BETC/Havas, busca incentivar que o atleta do século 20 também faça seu gol de número mil no universo dos games.

A campanha pretende estimular que os jogadores de videogame, distribuídos pelo Brasil e pelo mundo, joguem com o avatar do rei do futebol e compartilhem, nas redes sociais, os gols, com a hashtag #eKingPelé. Além da ação em homenagem ao ex-craque de futebol, a Puma relança a chuteira Puma King, usada por Pelé nos jogos.

Personalidades e influenciadores digitais como Muhpro, Rafifa, AF Games e Lucas Cordeiro integram a comunicação e estão encarregados de divulgarem o objetivo de Puma, em suas redes sociais. Além disso, a marca promove, nesta terça-feira, 19, um dia voltado ao videogame, em escolas de futebol, para que as crianças também joguem com o avatar de Pelé.

Veja abaixo o vídeo da campanha da Puma:

*Crédito da foto no topo: Pixabay/Pexels

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Pelé

  • muhpro

  • rafifa

  • af games

  • lucas cordeiro

  • Puma

  • BETC/Havas

  • comunicacao

  • futebol

  • games

  • Santos

  • Vasco

  • milésimo gol do pelé

  • rei pelé

  • 50 anos do milésimo gol do pelé

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”