Marcas se mobilizam no Dia Nacional da Visibilidade Trans

Buscar

Comunicação

Publicidade

Marcas se mobilizam no Dia Nacional da Visibilidade Trans

Campanhas de Buscofem, Starbucks e Google abordam questões como transição de sexo e mudança de nome

Filme #ConviverTransforma - Respeita Meu Nome, do Google, fala sobre a importância do respeito à mudança de nome de pessoas trans

Isabella Lessa
29 de janeiro de 2020 - 15h20

Campanha #ConviverTransforma – Respeita Meu Nome, do Google em parceria com o TRANSarau (Crédito: Divulgação)

Nesta quarta-feira, 29, Dia Nacional da Visibilidade Trans, o Google e as marcas Buscofem e Starbucks trazem à tona questões importantes que dizem respeito às pessoas trans, travestis e à sociedade em geral.

Para ressaltar a importância da mudança de nome das pessoas trans, o Google convidou o TRANSarau para lançar a campanha #ConviverTransforma – Respeita Meu Nome. O filme (assista acima) traz personagens reais que são representados por uma narração poética sobre como a mudança de nome reflete muito mais do que identidade de gênero. Em outros conteúdos, o projeto irá mais a fundo nas questões ligadas ao tema.

Além disso, o Google apresenta duas novidades no buscador: quando a pessoa for pesquisar “passo a passo retificação de nome e gênero”, a plataforma apresentará nos resultados um conteúdo criado pela ONG Casa 1 que mostra o passo a passo para o processo. A Consultoria Transcendemos elaborou respostas a algumas dúvidas recorrentes sobre a questão trans, como “o que é uma pessoa trans?” ou “o que é cis/cisgênero?”. Para conferi-las, basta pesquisar por “Transcendemos explica”.

Para criar a campanha, a empresa convidou oito pessoas trans para dois dias de imersão, durante os quais o objetivo foi entender suas maiores urgências e entender como abordar assuntos essenciais.

No ano passado, o Google fez um Doodle em homenagem a Brenda Lee, militante transexual brasileira. A iniciativa foi um ponto de partida para entender mais a realidade dessa população e criar conteúdo para contextualizar e normalizar a existência desse público.

Fachada da loja do Starbucks, em São Paulo (Crédito: Divulgação)

A questão dos nomes também norteia a ação do Starbucks Brasil. Ciente de que o processo de retificação de nomes é burocrático e, muitas vezes, caro, a empresa irá custear a retificação de nome dos colaboradores e de apoiados das ongs Casa 1 e Casa Florescer que têm interesse em fazê-lo. Batizada de “Eu sou”, o projeto foi criado pela Y&R e conta com o apoio do 34ª Cartório de Registro Civil Cerqueira César, cartório que mais faz retificações de nomes no País.

Cuecas menstruais da Buscofem (Crédito: Divulgação)

Também criada pela Y&R, a ação promocional da Buscofem irá vender uma série de produtos da marca que virão com uma cueca menstrual. A iniciativa tem o objetivo de ajudar homens trans que estão em processo de transição e podem sagrar durante meses, sofrendo com outros desconfortos como cólicas, dores nas costas, nas pernas e cabeça. As cuecas menstruais poderão ser encontradas na Drogaria São Paulo.

*Crédito da imagem no topo: Wikicommons

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Google

  • Y&R

  • starbucks

  • Drogaria São Paulo

  • buscofem

  • casa 1

  • casa florescer

  • transarau

  • transgênero

  • Transexual

  • trans

  • dia nacional da visibilidade trans

  • travesti

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”