Publicis nega conversas com fundo de investimentos

Buscar

Comunicação

Publicidade

Publicis nega conversas com fundo de investimentos

Apuração do Campaign relata possível negociação da holding com o private equity CVC

Renato Rogenski
8 de janeiro de 2021 - 18h03

Arthur Sadoun, CEO e chairman do Publicis Groupe (Crédito: Divulgação)

De acordo com apuração do site britânico Campaign, desde dezembro o Publicis Groupe tem mantido conversas sobre uma possível venda ou transação com o fundo de private equity CVC. A matéria, publicada nesta sexta-feira, 8, indica que reuniões presenciais entre executivos de ambas as partes aconteceram em Paris, mas que o teor das possíveis negociações e seus avanços são desconhecidos.

Vale lembrar que as ações da Publicis subiram 7% na bolsa de Paris, após a publicação do rumor. Embora a reportagem do Campaign sinalize que Publicis e CVC não quiseram comentar o assunto, a Reuters afirma ter obtido uma negativa do Publicis. “Não há conversas de nenhum tipo em andamento”, teria dito um porta-voz do grupo para a agência de notícias.

Terceira maior holding global de agências, atrás de WPP e Omnicom, o Publicis Groupe chegou a negociar uma fusão com o Omnicom, em 2013, mas o negócio não evoluiu. A fracassada associação teria sido a maior fusão na história da publicidade, com o montante avaliado em US$ 35 bilhões.

Em abril de 2020, no início da pandemia e a pior queda no preço das ações da holding, o Campaign já havia questionado o CEO e chairman, Arthur Sadoun, sobre uma possível fusão no horizonte. “A Publicis passou por guerras, incêndios e recessões e sempre manteve sua independência”, respondeu o executivo, na época da entrevista.

*Crédito da imagem de topo: audioundwerbung/iStock

Publicidade

Compartilhe