VoxComm se estrutura para defender as agências globalmente

Buscar

Comunicação

Publicidade

VoxComm se estrutura para defender as agências globalmente

Nova entidade reúne participantes de mais de 30 países, incluindo a Associação Brasileira de Agências de Publicidade


27 de abril de 2021 - 13h08

Surgido há dois anos como movimento de defesa das agências de publicidade, a VoxComm se estrutura como nova entidade global. Com a participação de membros e representantes de 36 países – entre elas o Brasil, com a Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) – a nova entidade é liderada por Tamara Daltroff, diretora geral da Associação Europeia das Agências de Comunicação (EACA). 

 

Manifesto da VoxComm é divulgado em meio à concorrência com empresas de tecnologia (Crédito: anyaberkut/iStock)

Em nota, a executiva-chefe Daltoff afirmou que a entidade acredita que a criatividade comercial das agências impulsiona o crescimento e criticou companhias que negligenciam o multiplicador criativo e encaram o marketing como custo de negócio em vez de um investimento a longo prazo. “Associações de agências nacionais e seus membros podem esperar ver suas vozes amplificadas por meio da VoxComm e ser uma parte forte de uma organização mutuamente benéfica”, acrescenta. 

Com um conselho formado por Marla Kaplowitz, CEO do órgão estadunidense 4A’s; Mario D’Andrea, presidente da Abap; Paul Bainsfair, diretor geral da IPA, do Reino Unido; Tony Hale, CEO da conselho de publicidade australiano; e Scott Knox, presidente e CEO da ICA no Canadá, a VoxComm tem como missão representar o poder da criatividade comercial em termos de estratégia, ideias, conteúdo e mídia, negligenciados por empresas. 

A entidade surge em meio à concorrência crescente, impulsionada pela pandemia, de gigantes tecnológicas como o Google, por exemplo. Com isso, um dos desafios da publicidade e das marcas é buscar novas formas de envolvimento com consumidores em meio a mudanças constantes. O grupo global propõe ainda que o uso de aplicações de dados e novas tecnologias, além da adoção de parcerias e novos modelos, são indispensáveis para a condução da atividade criativa para produções baseadas em valor e aderência aos padrões publicitários.

“Fazer parte da voz global para o setor de agências significa que a Abap ocupa seu devido lugar na mesa, enquanto procuramos impulsionar o crescimento e o reconhecimento de nossos membros, aqui em nosso mercado”, comenta Mario D’Andrea, presidente da Associação Brasileira de Agências de Publicidade. Segundo ele, a criação e participação na VoxComm dá à publicidade brasileira acesso à inovação global e melhores práticas. 

*Crédito da imagem do topo: iStock

 

Publicidade

Compartilhe