Rede Iguatemi entrega comunicação à David

Buscar

Comunicação

Publicidade

Rede Iguatemi entrega comunicação à David

Após junção do e-commerce Iguatemi 365 ao negócios dos shoppings, rede quer comunicação mais inovadora e melhor alinhamento criativo

Roseani Rocha
19 de julho de 2021 - 6h00

A Iguatemi Empresa de Shopping Centers contratou a David como sua nova parceira de publicidade. Ao contrário do que ocorreu há três anos, quando numa reestruturação a companhia fez concorrência com oito agências e optou, ao final, pela Ampfy, desta vez não houve disputa. Alexandre Biancamano, diretor de marketing da Iguatemi, elogia o trabalho da Ampfy e a transição tranquila, mas explica o objetivo agora: “Estamos muito em busca de inovação e de uma linha criativa e estética mais alinhada com o Iguatemi”.

Além dos shoppings físicos, a David também será responsável pelo e-commerce Iguatemi 365, outro fator importante para a mudança, já que a atuação no digital e com amplitude nacional, diz Alexandre, transforma totalmente a abordagem. E a David, que atende clientes como a Coca-Cola e o Burger King, tem expertise e agilidade fortes em conteúdos digitais e social media. A primeira campanha, a propósito será em outubro, para o Iguatemi 365. Mas na sequência já estão no planejamento Black Friday e Natal.

Quando há três anos contratou a Ampfy, o objetivo era unificar a comunicação dos empreendimentos do grupo, ainda que respeitando o DNA  de cada um deles. Essa orientação deve continuar agora, pois Alexandre reconhece que alguns, como o Iguatemi São Paulo – o primeiro shopping center do país, na Av. Faria Lima -, o Iguatemi Brasília e o Iguatemi Ribeirão estão num grupo com certo perfil e o JK Iguatemi, em outro, com posicionamento “mais edge”. Em todo caso, a recomendação é “respeitar particularidade sem perder identidade”.

Questionado também o quanto as mudanças respondem ao cenário de concorrência, após um período em que os shoppings enfrentaram restrições de funcionamento, Alexandre Biancamano argumenta que as mudanças são menos relacionadas a isso e mais às próprias mudanças da rede.

Publicidade

Compartilhe