Deborah Colker reestreia no palco e estreia na publicidade

Buscar

Comunicação

Publicidade

Deborah Colker reestreia no palco e estreia na publicidade

Em cartaz com "Cura", em São Paulo, coreógrafa faz sua estreia na criação publicitária em uma campanha da TIM, criada pela BETC Havas

Isabella Lessa
11 de novembro de 2021 - 19h11

Campanha da BETC Havas pela TIM traz coreografia de Deborah Colker, que pela primeira vez participa de uma produção publicitária (Crédito: Divulgação)

Em cartaz no Teatro Alfa, em São Paulo, até domingo, 14, com o espetáculo “Cura”, a Companhia de Dança Deborah Colker voltou aos palcos depois de dois anos. Além da reestreia, a coreógrafa e seus bailarinos fazem uma estreia no universo da publicidade protagonizando o filme de TIM Black, criado pela BETC Havas, que estreia nesta quinta-feira, 11.

Com a dança contemporânea, a campanha expressa uma evolução na comunicação do plano pós-pago da TIM, lançado em 2017. Ana Paula Castello Branco, communication and branding director da TIM Brasil, conta que a marca, desde então, vinha seguindo com a mesma linha de comunicação. Percebendo que era hora de mudar, a empresa se viu diante do desafio estratégico de evoluir para uma linguagem mais inovadora e a BETC Havas a ideia de trazer Deborah Colker. “Ela e seus dançarinos representam a inovação, estão sempre tentando fazer o melhor. Eles não têm medo de ousar nas coreografias, de trazer o novo ao público, liderando movimentos importantes no mundo das artes. Entendemos que é o ‘match’ perfeito. A dança contemporânea tem total relação com a inovação da TIM e com nossos valores de coragem, respeito e liberdade”, afirma.

No filme, 13 dançarinos se movimentam em uma parede de escalada, resgatando a coreografia ícone do grupo, lançada nos anos 90, no espetáculo Velox. Deborah co-criou o comercial, que teve direção artística de Gringo Cardia e direção executiva de João Elias Alvares da Silva.

A trajetória da TIM está ligada ao universo musical há bastante tempo: a marca realizou eventos como o TIM Festival e o Prêmio TIM de Música, e a cantora Iza é a atual embaixadora da marca. Alexandre Vilela, o Xã, vice-presidente de criação da agência, relembra que o alemão Sven Otten, dançarino de Electro Swing, estrelou as campanhas do TIM Black por quatro anos.

Segundo Xã, as ofertas do produto, que incluem parcerias de streaming, fizeram com que a marca acabasse criando um espaço particular no segmento do pós-pago. E, ao mesmo tempo, reforçou a necessidade de a agência investir em uma comunicação atrelada ao entretenimento. “Deborah é a maior coreógrafa do país e uma das maiores do mundo e nos pareceu um caminho natural trazer esse talento brasileiro para continuar a história do TIM Black. O trabalho dela é sofisticado, plástico, brasileiro e universal ao mesmo tempo. E é bom de ver. Entrega o entretenimento que trilhamos para a comunicação durante os anos, e ao mesmo tempo que temos o espaço para explorar as ofertas e deliveries do plano, temos espaço para entreter o consumidor em troca da atenção dele. Se a marca tem o propósito de convidar o consumidor a Imaginar as Possibilidades, com a Deborah Colker embalando essa mensagem, o convite toma uma outra dimensão”, afirma.

*Crédito da imagem no topo: Divulgação

Publicidade

Compartilhe