IBM aponta maiores desafios para os CMOs

Buscar

Marketing

Publicidade

IBM aponta maiores desafios para os CMOs

Estudo revela que profissionais devem abraçar inovação e criatividade para enfrentar a instabilidade dos mercados


22 de fevereiro de 2016 - 9h08

(*) Por Kate Maddox, do Advertising Age

O maior desafio de negócios dos CMOs atualmente é a convergência da indústria, na qual a concorrência, cada vez mais, vem de dentro e de fora de seus ambientes tradicionais de negócios, muitas vezes alimentados pela inovação digital, de acordo com um estudo recente da IBM.

Dois terços dos CMOs entrevistados citaram a tendência como seu desafio número um na pesquisa "Redefinindo Mercados: Ponto de vista do CMO", baseada em entrevistas pessoais e online com 723 profissionais de marketing globais em 2015.

"Os CMOs devem abraçar toda essa ideia de ruptura criativa", afirma Kevin Bishop, vice-presidente de soluções de engajamento de consumidores da IBM Commerce. "As empresas têm que reavaliar suas estratégias porque o mundo ao seu redor está mudando".

O estudo revelou que 60% dos CMOs esperam mais concorrência nos negócios fora de suas indústrias, enquanto apenas 23% esperam mais concorrência de dentro de suas indústrias. Em 2013, quando o estudo foi realizado da última vez, 54% dos CMOs esperavam mais concorrência de fora de suas indústrias, e 33% que ela viesse de dentro de suas indústrias.

Para adaptar-se a essas mudanças de mercado, "compreender a linguagem do consumidor é importante", aponta Bishop. "Com um modelo de negócios instável, você tem que se concentrar não apenas no que uma pessoa está fazendo, mas por que está fazendo isso".

Quase metade (49%) dos CMOs disse que a redistribuição do poder de compra dos consumidores será um dos principais impulsionadores da mudança ao longo dos próximos anos, e 48% afirmaram que o local de trabalho "em qualquer lugar" está levando à mudança dos negócios.

"Se você é um comprador – seja consumidor ou empresário –, você está passando pelo seu próprio processo decisório, e quer fazê-lo onde é mais conveniente para você", diz Bishop. "Atualmente, estamos misturando experiências físicas e digitais, e os CMOs precisam de uma abordagem muito mais engenhosa para o trabalho funcionar", completa o executivo.

Os CMOs estão adquirindo os conhecimentos necessários em uma variedade de fontes: 79% contrataram novos funcionários com as habilidades que necessitam; 74% firmaram parceria com outras empresas; e 74% trabalham com profissionais, empresas de consultoria ou agências especializadas para fornecer os recursos de que necessitam. O estudo também revela que os CMOs sentem que estão mais bem preparados para enfrentar os principais desafios de marketing agora do que estavam em 2013.

Mais da metade (54%) dos CMOs disse que está mais bem preparada para encarar a crescente complexidade dos papeis e responsabilidades do marketing hoje, em comparação com apenas 39% em 2013; 52% dos CMOs disseram que eles estão mais bem preparados para lidar com os desafios da mídia social, em comparação com apenas 34% em 2013; e 36% disseram que estão mais bem preparados para lidar com os desafios provenientes da explosão de dados hoje, em comparação à apenas 18% em 2013.

"Há mais de educação, informação e melhores exemplos práticos de conferências, fóruns e outras fontes para os CMOs", observa Bishop.

Tradução: Amanda Boucault 

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”